20 de setembro de 2009

Cantoras em ascensão na trilha de 'Viver a Vida'

No ar pela TV Globo desde a última segunda-feira, 14 de setembro de 2009, a novela Viver a Vida reúne na trilha sonora gravações de jovens cantoras brasileiras que estão em ascensão no mercado fonográfico brasileiro. Alvo da admiração de Jayme Monjardim, o diretor que a descobriu e a projetou (vagamente) na minissérie Maysa - Quando Fala o Coração, Maria Gadú (foto) figura na seleção musical com Shimbalaiê, tema de seu primeiro CD, recém-lançado pela Som Livre. Aposta da Sony Music, Ana Cañas está na trilha com Esconderijo, bela balada de seu segundo roqueiro CD (Hein?), editado neste ano de 2009. Já Roberta Sá está presente com Mais Alguém, canção lançada em 2007 em seu segundo CD, Que Belo Estranho Dia para se Ter Alegria, e rebobinada no DVD Pra se Ter Alegria - Ao Vivo no Rio, na loja desde agosto.

42 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

No ar pela TV Globo desde a última segunda-feira, 14 de setembro de 2009, a novela Viver a Vida reúne na trilha sonora gravações de jovens cantoras brasileiras que estão em ascensão no mercado fonográfico brasileiro. Alvo da admiração de Jayme Monjardim, o diretor que a descobriu e a projetou (vagamente) na minissérie Maysa - Quando Fala o Coração, Maria Gadú (foto) figura na seleção musical com Shimbalaiê, tema de seu primeiro CD, recém-lançado pela Som Livre. Aposta da Sony Music, Ana Cañas está na trilha com Esconderijo, bela balada de seu segundo roqueiro CD (Hein?), editado neste ano de 2009. Já Roberta Sá está presente com Mais Alguém, canção lançada em 2007 em seu segundo CD, Que Belo Estranho Dia para se Ter Alegria, e rebobinada no DVD Pra se Ter Alegria - Ao Vivo no Rio, na loja desde agosto.

20 de setembro de 2009 11:28  
Blogger warneydeoliveira said...

Detalhe: Mais Alguém da Roberta já foi trilha de Negócio da China, novela das 18hs de Miguel Falabela.

20 de setembro de 2009 11:34  
Blogger Lara Cervasio said...

Bom, sou suspeita pra falar. Todas essas três cantoras sou FÃ ao estremo.
Infelizmente só pude ter o prazer de ir ao show da gadú. Mas fico muito feliz em saber que elas estão com música na novela, embora não goste de novela, é sucesso quase garantido. E elas merecem.

Espero que todas consigam fazer shows pelo país e venha sempre a recompensa.

Parabéns pelo blog, maravilhoso.
Beijos

20 de setembro de 2009 13:06  
Anonymous Anônimo said...

Que engraçado!

" Mais alguém " era da trilha sonora de NEGÓCIO DA CHINA assim como " Mar e Sol " de Gal Costa também esteve na trilha de outra novela,PROVA DE AMOR da Record.

Sei também que em cima da hora" Te adorar ", da Gal Costa, não entrou na trilha de PAGINAS DA VIDA em 2006 mas " Sexo e Luz " entrou na trilha de BICHO DO MATO,também da Record.

20 de setembro de 2009 13:06  
Anonymous Dani Fitti said...

Cantando em estúdio ou em um palco, Maria Gadú mostra um talento exemplar. De imitadora.

20 de setembro de 2009 13:14  
Anonymous Anônimo said...

Há decadas que o pessoal que comanda as trilhas sonoras não faz nada que valha apena comprar.De cada Cd salvam-se duas, tres ou quatro. E breu. Velhos tempos de Lulu Santos lá. E mais: haja overdore de breganejo na Paraíso.
A outra Paraiso superou.

20 de setembro de 2009 14:07  
Anonymous Anônimo said...

Todas ofuscadas pela inédita do rei ...

20 de setembro de 2009 15:21  
Blogger RITA DE CÁSSIA said...

Já disse antes e repito: Estou vibrando com o aparecimento (e projeção) de novas cantoras. Adorei a voz da Gadu, adoro a Roberta Sá, a Monique Kessous, Mariana Aydar, dentre outras. Desde o anos 70, qdo. a MPB se firmou, não havia tantas cantoras boas surgindo. Marisa Monte, abriu caminho para uma nova era da Música Brasileira, com seu ecletismo, seguida da Calcanhoto, Salmaso, etc. Demorou a surgir coisas boas, depois da decadência musical dos 90. Viva as Gadus e que venham mais!

20 de setembro de 2009 15:31  
Anonymous Anônimo said...

Cantoras em ascensão ?
Passo. Todas!
Obrigado

20 de setembro de 2009 16:09  
Anonymous Anônimo said...

Cantoras em ascensão ?
Passo. Todas! (2) Não tenho culpa se já estava vivo e com bons ouvidos em 1979... Infelizmente, a única "cantora em ascensão" dos últimos anos que confirmou as expectativas foi Marisa Monte. Como disse Rita Lee: ai, ai, ai, meu Deus, o que foi que aconteceu com a música popular brasileira????

20 de setembro de 2009 18:09  
Anonymous Anônimo said...

Maria Gadú mostra um talento exemplar. De imitadora.(2)

Gostei !!!

20 de setembro de 2009 18:44  
Anonymous Anônimo said...

Quem a Gadu imiita?

20 de setembro de 2009 20:01  
Anonymous Anônimo said...

As gravadoras elegem as cantoras em ascenção e mídia obedece. Enquanto isso as boas cantoras ficam escondidas, ou saem do País a procura de trabalho. Esse é o Brasil

21 de setembro de 2009 01:32  
Anonymous Anônimo said...

"Todas ofuscadas pela inédita do Rei"(2).Simplismente arrebatadora e esplendorosa a nova canção do Roberto.Dá até para esquecer o exagero dos diálogos de 'abobrinhas' das novelas do Manuel Carlos.Comprova a lástima que ter afastado tanto tempo da parceria com Erasmo.Ficaria mais linda ainda na voz de Nana.

21 de setembro de 2009 12:04  
Anonymous lu velloso said...

amados, o agente da gadu tem que tirá-la de circulação durante um tempo e ensinar-lhe noções básicas de se apresentar em público.
do jeito que vai ela se queima antes mesmo de vibrar as labaredas.
a vi no happy hour, sem censura e altas horas. ela está muito verde, meu. não tem a mais rudimentar desenvoltura, não se comunica (lembram do chacrinha?), tem um visual deplorável, uma presença completamne anódina, inexpressiva.
não sei o que é passível de melhora e o que é irreversível, mas talvez valesse o esforço pq ela tem uma voz agradável e compõe com honestidade.
mas eternamente de pernas cruzadas em cima de um tamborete, totalmente amorfa...não dá mesmo!

maneco prima pela trilha de suas novelas, e a canção de roberto é um pouco acima de sua média das últimas décadas.

21 de setembro de 2009 13:26  
Anonymous Anônimo said...

mauro vc já ouviu a musica nova do roberto?
eu achei linda.

21 de setembro de 2009 14:44  
Anonymous Anônimo said...

Gadu já entrou pra história. Conseguiu piorar " Baba Baby " !Não é pra qq um(a)

21 de setembro de 2009 14:45  
Anonymous Anônimo said...

De fato falta mais carisma a Gadu. Eu a vi no Sem Censura e concordo que a cantora é muito "sem sal". E olha que não se trata nem de timidez, pois Cássia Eller era super tímida e ainda assim se saia bem nas entrevistas e incrivelmente maravilhosa nos palcos. Espero que Gadu dê uma reviravolta, pois do jeito que vai levando só vamos constatando cada vez mais que se trata de um grande engodo que estão emprurrando pra gente. Nesta não caio!

21 de setembro de 2009 17:56  
Anonymous Anônimo said...

Todas juntas não dão uma Gal Costa!
Já disse e repito!
Tem muita cantora, mas uma com predicativos especiais, que canta bem de verdade, não tem. Viva Gal!
A Gadú precisa amadurecer, cantar.
Não tem presença nenhuma no palco. Chega a ser constrangedor...

21 de setembro de 2009 18:48  
Anonymous Anônimo said...

Tem um comentário muito inteligente aqui " as grandes gravadoras elegem as cantoras que eles querem e a mídia obedece". Maravilhoso!
É isso mesmo!

21 de setembro de 2009 18:59  
Anonymous Anônimo said...

Genteeem, tb vi a Maria Gadu em 2 programas e fiquei bege!!! a mina é muito fraquinha demais. Quê que é aquilo??? não estivesse numa grande gravadora estaria a leguas da telinha...total falta de shape.
E nada a ver com Cassia. Esta era tímida (timidíssima) mas era tão competente e impressionante que a timidez virava um charme. No caso de MG tudo vira um constrangimento como alguem falou arriba.
Quanto a trilha da novela, tô amando. As novelas de MC são assim um cházinho de cidreira que degusto lendo um bom livro. E de vez em quando levanto a cabeça para deitar olhos...

21 de setembro de 2009 19:33  
Anonymous Anônimo said...

Todas juntas não dão uma Gal costa (2)
Diria mais: não dão 1/2 Gal costa.

21 de setembro de 2009 21:47  
Anonymous Anônimo said...

Nossa, tem gente que parou na idade paleozóica...Gal tem o seu valor, mas o mundo evoluiu e outras cantoras interessantes surgiram...Esse papo de que só cantoras antigas é que prestam está mais do que datado!!! Update pessoal, por favor!!!!!

21 de setembro de 2009 22:46  
Blogger RITA DE CÁSSIA said...

Anônimo das 22:46, faço minhas as suas palavras! As pessoas resistem às mudanças. Foi assim também qdo. surgiu a Bossa Nova.

22 de setembro de 2009 08:08  
Anonymous Anônimo said...

Sempre tem que ter Elis ou Gal para servir de exemplo,de parametros para as novatas.Querem cristalizar a musica em torno desses mitos.E o pior é que essas novas cantoras em sua maioria aderem a essas ilusões.Mas onde esta a Elis de verdade?Onde esta a Gal de verdade?Em esferas,mundos,sintonias bem diversas hoje em relação a essas meninas.

22 de setembro de 2009 08:39  
Anonymous Anônimo said...

QUER DIZER QUE PRA SER MODERNO E BONZINHO COM OS NOVOS TEMOS QUE ACHAR TUDO LINDO. TODAS AS CANTORAS LINDAS E MARAVILHOSAS. SEM PECADO PORQUE VOCÊS QUEREM, OS MODERNOS QUE NÃO DÃO VALOR AO TRABALHO FEITO PELOS MAIS VELHOS. NOSSA, QUE PAÍS É ESSE? JÁ DISSE A CANÇÃO. OS MAIS VELHOS DEVEM SERVIR DE PARÂMETRO SIM... NÃO SE JOGA NO LIXO UM PASSADO GLORIOSO. SE VOCÊS SE CONTENTAM COM POUCO, TUDO BEM... É CADA COISA! POR ISSO ESSE PAÍS NÃO ANDA, O MAIS VELHO É DESCARTADO COMO PASSADO. LEMBRAR DE SUAS GLÓRIAS É PECADO. COMO NA NOVELA DA GLÓRIA PEREZ, ME ABAIXO E TOCO OS PÉS DA GAL COSTA, COMO NA ÍNDIA, PELO QUE ELA JÁ ANDOU NA MPB. POR SUAS GLÓRIAS, POR SEU PASSADO E PRESENTE. VIVA O MAIS VELHO NA MÚSICA E EM TODAS A PROFISSÕES. SÓ FALTA ESSE POVO FALAR QUE A GAL NÃO PRECISA MAIS CANTAR, QUE ESTÁ PASSADA. E QUEM TEM QUE GANHAR DINHEIRO SÃO OS NOVOS. GENTE, JÁ EXISTE ESSA INJUSTIÇA NO MERCADO DE TRABALHO FORMAL. PASSOU DOS QUARENTA NÃO SE TRABALHA MAIS, AQUI NO BRASIL. NAS ARTES VAMOS FAZER DIFERENTE. NAS ARTES E NA VIDA COTIDIANA... RESPEITEMOS OS MAIS VELHOS, AQUELES QUE JÁ ANDARAM MAIS QUE NÓS. GAL É PARÂMETRO PARA AS MAIS NOVAS COM MUITO ORGULHO. SE NÃO TIVÉSSEMOS UMA GAL, BHETÂNIA E MUITAS OUTRAS TERÍAMOS REFERÊNCIA DE QUALIDADE EM QUEM? MEU DEUS! ISSO ME DEIXA MUITO TRISTE!!!!!!!!!!!!!!!!!

22 de setembro de 2009 10:31  
Anonymous Anônimo said...

Anônimo das 10:31 seu comentário é para pensar. Muito bem.

22 de setembro de 2009 11:17  
Anonymous Anônimo said...

10:31Então as culpadas são as novas,o novo,para surgirem frases do tipo:"todas juntas não dão uma Gal Costa"?Por favor...

22 de setembro de 2009 11:31  
Anonymous Anônimo said...

A maioria das novatas, incluindo essa Gadú, são só o pãozinho do couvert. E a grande maioria nem a sobremesa vão chegar. Na época de Gal, as coisas aconteciam naturalmente, as músicas de um LP tocavam naturalmente nas rádios. A época é outra, época de marketing, de jabá, de quem dá mais, de quem será a bola da vez... Agora é a Gadu, amanhã outra e assim por diante. Engole quem quer...

22 de setembro de 2009 12:34  
Anonymous Denilson said...

Anônimo das 10:31 seu comentário é para pensar. Muito bem. (2)

abração,
Denilson

22 de setembro de 2009 13:53  
Anonymous Anônimo said...

Ninguém aqui falou que a Sra. Gal não tem seu valor e relevância no cenário musical. Entendi perfeitamente o que o anônimo das 22:46 disse. O que foi dito ali é que o tempo seguiu seu caminho e outras coisas aconteceram e que portanto também têm seu valor. Dessa forma, não é concebível viver só de passado. Evolução pressupõe absorver elementos passados e introduzir novos conceitos.
As vezes sinto que da mesma forma que os marxistas acham que um mundo dominado e sufocado pelo Estado é a panacéia, existem pessoas com mentalidade da década do tropicalismo e power flower que são o último biscoito do pacote.
Ainda bem que surgem cantoras novas e dispostas a fundir o antigo com o contemporâneo e não ficam presas estritamente a velhos paradigmas.

22 de setembro de 2009 17:20  
Anonymous Anônimo said...

O anônimo das 8:39 menospreza Gal e Elis como coisa do passado. Passado é sinal de que se viveu. E para se viver tem que produzir. Tanta gente correndo atrás de novas cantoras e tantas consagradas cantoras que precisam ser descobertas pelos fãs de MPB em todo país. Lista:Vânia Bastos, Ná Ozzetti, Virgínia Rosa, Olívia Hime, Suzana Salles, Virgínia Rodrigues, Selma Reis, Jane Duboc, Olivia Bayington, Verônica Sabino, Fatima Guedes e muito mais. Todas estrelas não descobertas pelo GRANDE público. Todas com carreiras respeitadas e com público fiel, mas sem estourar no Brasil inteiro. Queridos, escutem essas vozes. Uma mais bonita e afinada que a outra. É garantia de alma lavada em disco e em show.

22 de setembro de 2009 17:44  
Anonymous Anônimo said...

amados, nada contra o surgimento de novas cantoras, bien sür.
isso não impede que lamentemos a falta da centelha em todas elas.
nenhuma das cantoras brasileiras apresentadas nos últimos anos tem a verve, a garganta e a qualidade de gal, bethania, elis, marisa monte, nana caymmi (e isso quando surgiram, não me refiro a trajetória que fizeram depois pq aí seria injusto)
apenas isso. uma constatação.

tem culpa eu???

22 de setembro de 2009 19:27  
Anonymous Anônimo said...

A música da Gadu é bem chatinha (não é a toa que compôs aos 12 anos), a do Roberto, dispensável, mas Esconderijo e Mais Alguem justificam o CD.

23 de setembro de 2009 07:55  
Anonymous Anônimo said...

Galera da boa música.
Vamos boicotar essas cantoras inventadas pelas multinacionais. Não compremos os discos e nem apareçamos nos shows. Eu faço isso.
Assim a invenção não dá certo. É dinheiro jogado no lixo. Vamos ver as que são boas e não estão em multinacionais. Multinacional não pensa na gente, pensa no bolso. Salve a Roberta Sá que é parceira de uma multinacional e canta direitinho. Ainda não me apaixonei por nem uma das novas. Mas algumas podem aparecer bem. Por exemplo adoro a Mônica Salmazo. O show e disco são lindos. Como essa mulher canta. Lota tudo e tem prestígio, mas nunca esteve em multinacional. Sei que ela já foi convidada, mas preferiu ficar na Biscoito Fino. Certíssima.... Viva Salmazo!

23 de setembro de 2009 10:45  
Blogger Najhara Alves said...

Viva Maria Gadu!!!!
E as demais divas da MPB...

23 de setembro de 2009 20:22  
Blogger flê said...

``Esconderijo´´, de Ana Canãs, é a grande canção da temporada. Linda! E viva Bebel Gilberto!

23 de setembro de 2009 21:39  
Anonymous Anônimo said...

Quem sou eu para menosprezar Gal e Elis estas maravilhas.Apenas acho tacanha as comparações e a importância extrema que se dá a apenas duas em meio a dezenas de cantoras fundamentais.Fico pensando:Será que é porque a tem voz muito feminina,muito brasilleira mas branquinha,muito certinha e afinadinha,voz nota dez?E também acho que Gal e sobretudo Elis tiveram mais visibilidade que qualquer outra cantora de seu tempo e de agora também.Elis teve vários programas televisivos,tocava regularmente nas rádios e frequentemente tinha sua vida muito exposta em semanários folhetinescos e também houve um quadro especial fantástico sobre ela no popularíssimo Chacrinha divertidissimo:"Quem imita melhor Elis Regina".Era rainha das capas de O Cruzeiro durante a fase aurea da MPB.Alem de pertencer a maior e mais influente gravadora multinacional do país.Mas como ninguem pesquisa e muitos perdem a memória...

24 de setembro de 2009 15:36  
Anonymous Anônimo said...

Ainda bem que temos a Roberta!!!!

25 de setembro de 2009 13:15  
Anonymous Anônimo said...

Que bom que apareça novas cantoras jovens interessadas em fazer músicas de boa qualidade. Temos nossas musas eternas (as vivas e as mortas) e nossas novas cantoras. Melhor do que acontecia há alguns poucos anos, que a mídia só dava espaço para grupos de Axé, pagodeiros mauricinhos e funkeiras. Acho interessante que essas jovens influenciem a nova geração, que foi contaminada só com coisa ruim. Se alguma dessas conseguir o patamar de musa, só o tempo dirá! Mas já é um bom começo.

26 de setembro de 2009 08:28  
Blogger Lara Cervasio said...

Pequena curiosidade;
Quem disse que pra ser boa cantora precisa ter carisma??
F***-se a 'beleza', carisma, 'sal'.. O que impoerta é voz, dom, interpretação.
Quem vai ao show da Gadú, não vai pra pular, gritar, dançar... Vaipra ouvir música de boa qualidade.

"As gravadoras elegem as cantoras em ascenção e mídia obedece."?? Desculpa, mas conheço a gadú muito antes de garvar uma música pela gravadora. Aff!

Realmente têm muitos cantores bons que a mídia não conhece, infelizmente, infelizes 'é ela'. Me acostumei a procurar, e com isso acho muita coisa boa pela internet, rádio...

Beijos

18 de outubro de 2009 01:25  
Blogger Lara Cervasio said...

Ah! Esqueci...
A gadú é tímida, sim, demais.
E é daquelas que não pretende agradar as pessoas, não quer falar mal de alguém pra chamar atenção. A Cássia Eller adorava aparecer, mostrar peito, com isso ficava na mídia sempre, a Gadú não. É o jeito dela.

Gosta de tocar violão de pernas cruzadas, gosto, ué!

Piorar 'Baba Baby'? Gosto, ué! [2]

18 de outubro de 2009 01:27  

Postar um comentário

<< Home