15 de agosto de 2009

Belo retrato do momento áureo de Gonzaguinha

Resenha de DVD
Título: Grandes
Nomes - Luiz Gonzaga
do Nascimento Junior
Artista: Gonzaguinha
Gravadora: EMI Music
/ Globo Marcas
Cotação: * * * *

É mais do que bem-vinda a edição em DVD do belo especial gravado por um feliz Gonzaguinha (1945 - 1991) para a série de TV Grandes Nomes. Com exceção do DVD de 2007 que perpetua a entrevista do artista ao programa Ensaio, em 1990, não há no mercado vídeo com show de Gonzaguinha. Exibido em 1º de maio de 1981, o programa dirigido por Daniel Filho capta o compositor no auge do sucesso e num pico de criatividade. É um belo retrato de um artista que já se permitia ser amoroso em cena. E o reencontro com o pai, Luiz Gonzaga (1912 - 1989), ainda resulta emocionante. Ao escolher cantar Eu Apenas Queria que Você Soubesse diante do Rei do Baião, que acabara de entoar Légua Tirana em registro a capella, Gonzaguinha dizia publicamente de forma sutil que já entendia e amava seu pai sem os rancores e sem as mágoas pelas diferenças (inclusive ideológicas) que haviam provocado rupturas no passado. A participação de Gonzagão é o ápice de um especial que trouxe também Roberto Ribeiro (1940 - 1996) como seguro convidado do bloco político que agregou Fala Brasil (espécie de cartão de visitas para a entrada em cena de Ribeiro), E Vamos à Luta e A Cidade Contra o Crime, samba de breque arranjado com quebradas dignas de um thriller que realçam toda a tensão contida nos versos premonitórios. Ribeiro canta apenas as duas primeiras músicas, mas permanece em cena - dividindo com Gonzaguinha a mesa e a cerveja de um sugerido bar - durante a terceira. O DVD provoca a saudade da voz potente de Roberto Ribeiro. Pena que as participações de Simone e do grupo As Frenéticas tenham sido cortadas por supostas questões jurídicas. Elas valorizariam ainda mais a edição de DVD que prima por apresentar imagem e áudio restaurados. O cuidado com a parte técnica engrandece o registro do especial de Gonzaguinha, imenso nome da galeria da MPB das décadas de 70 e 80 - compositor de música e ideologia coerentes.

41 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

É mais do que bem-vinda a edição em DVD do belo especial gravado por um feliz Gonzaguinha (1945 - 1991) para a série de TV Grandes Nomes. Com exceção do DVD de 2007 que perpetua a entrevista do artista ao programa Ensaio, em 1990, não há no mercado vídeo com show de Gonzaguinha. Exibido em 1º de maio de 1981, o programa dirigido por Daniel Filho capta o compositor no auge do sucesso e num pico de criatividade. É um belo retrato de um artista que já se permitia ser amoroso em cena. E o reencontro com o pai, Luiz Gonzaga (1912 - 1989), ainda resulta emocionante. Ao escolher cantar Eu Apenas Queria que Você Soubesse diante do Rei do Baião, que acabara de entoar Légua Tirana em registro a capella, Gonzaguinha dizia publicamente de forma sutil que já entendia e amava seu pai sem os rancores e sem as mágoas pelas diferenças (inclusive ideológicas) que haviam provocado rupturas no passado. A participação de Gonzagão é o ápice de um especial que trouxe também Roberto Ribeiro (1940 - 1996) como seguro convidado do bloco político que agregou Fala Brasil (espécie de cartão de visitas para a entrada em cena de Ribeiro), E Vamos à Luta e A Cidade Contra o Crime, samba de breque arranjado com quebradas dignas de um thriller que realçam toda a tensão contida nos versos premonitórios. Ribeiro canta apenas as duas primeiras músicas, mas permanece em cena - dividindo com Gonzaguinha a mesa e a cerveja de um sugerido bar - durante a terceira. O DVD provoca a saudade da voz potente de Roberto Ribeiro. Pena que as participações de Simone e do grupo As Frenéticas tenham sido cortadas por supostas questões jurídicas. Elas valorizariam ainda mais a edição de DVD que prima por apresentar imagem e áudio restaurados. O cuidado com a parte técnica engrandece o registro do especial de Gonzaguinha, imenso nome da galeria da MPB das décadas de 70 e 80 - compositor de música e ideologia coerentes.

15 de agosto de 2009 13:07  
Anonymous Anônimo said...

As Frenéticas escreveram uma carta ao jornal O GLOBO se dizendo surpresas com o corte da participação delas no DVD. Elas afirmam que em nenhum momento foi feito um pedido a nenhuma delas sobre a permissão das imagens. Já Simone não se manifestou até agora...

15 de agosto de 2009 13:18  
Anonymous Marcelo said...

Concordo com você Mauro, Falta a participação de Simone - a nossa querida Cigarra! - no especial de Gonzaguinha, que sempre engrandece com sua imagem de diva por onde passa.

15 de agosto de 2009 13:30  
Anonymous Luc said...

imenso nome da galeria da MPB das décadas de 70 e 80 [2]

15 de agosto de 2009 13:33  
Anonymous Anônimo said...

Taí um problemão! Depois eles inventam de relançar e colocar os números que faltaram. Comprarei pelo Roberto e pelo Gonzaguinha (que adoro!), mas é ou não para ficar com os dois pés atrás? Depois dizem que as vendas estão cada vez mais baixas. Dá para se confiar na "indústria"? Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

15 de agosto de 2009 13:50  
Blogger Paulo said...

tudo bem que o intérprete seja dono da sua voz e da sua imagem.tudo bem que para utilizá-las quantias sejam negociadas. mas...até onde vai o direito dos intérpretes de omitir as suas participações adulterando, assim, o produto original? gostaria que as " supostas questões jurídicas" de Simone e Frenéticas fossem esclarecidas para sabermos se há algo mais além do que " questões mercenárias".. talvez se essas intérpretes cedessem os seus direitos nesse dvd a alguma obra de caridade ficasse mais simpático. assim fica a impressão de que o dinheiro falou mais alto... não fica legal.
abraço
Paulo-

15 de agosto de 2009 15:33  
Blogger Bruno Alvaro said...

Salve Mauro, já estava para reclamar a ausência de sua crítica (sempre ótimas) a respeito desse DVD do Gonzaguinha! Faz três meses que estou morando em Aracaju e com uma baita saudade do Rio de Janeiro, assim que vi o DVD comprei e assino em baixo (como se fosse necessário)tudo que você descreve! Agora, eu não sabia da falta das Frenéticas e da Simone no especial, realmente uma pena! Parabéns pelo blog, sou leitor de carteirinha!

Abração!

15 de agosto de 2009 16:26  
Anonymous Anônimo said...

compositor de música e ideologia coerentes [2]. Chato como todo artista esquerdo-festivo.

Zanni

15 de agosto de 2009 16:31  
Anonymous Vagner - Lapa said...

As Frenéticas já declararm que não foram questionadas sobre a retirada das suas participações no DVD, acho que tiraram foi mesmo para não pagar, nem a elas, nem a Simone o quanto elas mereciam por ter suas imagens vendidas neste DVD. Mas neste caso a questão se inverte, até que ponto a EMI pode retirar a imagem de um artista de um projeto como este sem comunicá-lo. Será que no contrato de participação no especial havia alguma cláusula dizendo que elas poderiam ser editadas? É um direito das frenéticas estarem neste DVD, acho que elas deveriam abrir um belo processo, foram excluídas sem nenhum aviso, está aí um bonito caso de direito autoral. Acho que deveríamos boicotar e não comprar até que realmente ficasse tudo esclarecido.

15 de agosto de 2009 16:59  
Anonymous Anônimo said...

Já está muito benvindo pessoal.

Vamos parar de querer a mão quando nos oferecem o dedo...

15 de agosto de 2009 17:23  
Anonymous Anônimo said...

JÁ ENTREI EM TUDO QUE É SITE DE COMPRAS E NÃO ACHO EM LUGAR NENHUM.

SE ALGUÉM PUDER DAR UMA DICA, AGRADEÇO.

15 de agosto de 2009 17:25  
Anonymous Denilson said...

Olá, Paulo

"até onde vai o direito dos intérpretes de omitir as suas participações adulterando, assim, o produto original?"

Até onde está previsto na Lei de Direito Autoral brasileira (lei nº 9610 de 1998), ou seja, o intérprete é dono da sua obra e da sua imagem sim. São direitos inalienáveis. Não há discussão sobre isso.

Felizmente (na minha opinião) ou infelizmente (na opinião de outros, pelo visto).

abração,
Denilson

15 de agosto de 2009 19:15  
Anonymous Anônimo said...

A mídia têm em peso elogiado este lançamento, mas o especial foi bastante criticado na época da sua exibição na tv.É bom lembrar, também, que o show que lhe serviu de base foi o álbum "Coisa mais maior de grande", igualmente pisoteado pela crítica.
O mundo dá as suas voltas...

15 de agosto de 2009 19:52  
Anonymous dudu said...

Taí um cara que faz muita falta ao cenário musical brasileiro em todos os sentidos.

Gonzaguinha na véia sempre!!!!

15 de agosto de 2009 20:22  
Anonymous Anônimo said...

Esse aí é tão bão, mas tão bão que algum anjo lá em cima quis contratar para ouvir com exclusividade.
Mas como anjo é "do bem" nos deixou Daniel Gonzaga.
Ô garoto bão também.

16 de agosto de 2009 02:24  
Anonymous Anônimo said...

SERÁ QUE ALGUMA ALMA CARIDOSA PODERIA ME DIZER ONDE ACHO ESSE DVD AQUI NO RIO. NÃO VI EM LUGAR NENHUM PARA COMPRAR. TÔ PRECISANDO DE ÓCULOS ?

16 de agosto de 2009 02:41  
Anonymous mauricio said...

tem nas lojas americanas

16 de agosto de 2009 15:17  
Anonymous Anônimo said...

Obrigado, Mauricio, mas não achei nem na Internet nem em 2 lojas físicas aqui pelas "minhas bandas": Tijuca e Shopping Iguatemi. E perguntar qualquer coisa para funcionários da "rede" é quem nem perguntar "Por que que a Terra é redonda ?" (A maioria nem sabe quem foi Gonzaguinha). Mas valeu, vou continuar procurando.

16 de agosto de 2009 17:05  
Anonymous Anônimo said...

Não tem em lugar nenhum mesmo!!!!
Acho que só chegou em Aracaju!

16 de agosto de 2009 20:56  
Anonymous Anônimo said...

Nem em pré-venda na Saraiva nem em pré-venda na Cultura (que colocam lançamentos à venda 1 mês antes!). Também tô procurando. Muito estranho...
Meu medo é cancelarem o lançamento por conta de direitos autorais, de imagem e outras questões jurídicas e administrativas.

16 de agosto de 2009 22:45  
Anonymous Anônimo said...

Ô Mauro, dá uma dica aí rapaz, consulta tuas fontes na Som Livre ou na EMI. Pode ser ?

Brigadú!

17 de agosto de 2009 00:09  
Anonymous Anônimo said...

Nas lojas AMERICANAS aqui no Rio têm. Em todas.

17 de agosto de 2009 08:51  
Anonymous Anônimo said...

No "site" da Americanas (bem como em outros) continua não aparecendo (consultei o da Som Livre também e nada) e liguei para 5 lojas Americanas onde me disseram não haver o produto.
Tá difícil...

17 de agosto de 2009 14:14  
Anonymous Anônimo said...

Nas lojas Americanas na Barra, no Rio, não tem em nenhuma... Também não tem em nenhum site...

17 de agosto de 2009 14:28  
Anonymous Anônimo said...

Ô Mauro, dá uma dica aí rapaz, consulta tuas fontes na Som Livre ou na EMI. Pode ser ? (2)

17 de agosto de 2009 14:43  
Anonymous Anônimo said...

Cansei. Fiz correio para todas as lojas da Internet: Saraiva, CD Point, Cultura, FNAC, Americanas.
Vou aguardar alguma resposta.

17 de agosto de 2009 15:07  
Anonymous Anônimo said...

Não sou o Mauro, mas tenho "meus contatos". De acordo com "minha fonte" o DVD "teria tido um problema de distribuição", o que está atrasando sua disponilibilidade.
Quando perguntei sobre o fato de que produtos em "pré-venda" - em "sites" que trabalham de tal forma - não atentam para tais problemas quando da oferta a "fonte" gaguejou... Sei não, tá estranho.

17 de agosto de 2009 17:02  
Anonymous Anônimo said...

A MAIOR E MELHOR LOJA DO RIO - MODERN SOUND (acabei de ligar para lá) INFORMA: SEM PREVISÃO DE LANÇAMENTO. A "SOM LIVRE" JÁ ATRASOU POR DUAS VEZES A ENTREGA.

17 de agosto de 2009 17:07  
Anonymous Anônimo said...

Contactei via internet mesmo o SAC on-line da "Som Livre" e a atendente me disse que apesar dos anúncios na TV GLOBO, crítica no jornal O GLOBO, página inteira das "Americanas" no mesmo jornal fazendo propaganda do produto no Dia dos Pais: "enquanto não aparecer sequer para nós, em nosso 'site', não podemos ajudar".
É MOLE ?

SAC: Serviço de Atendimento aos Coitados.

17 de agosto de 2009 17:19  
Anonymous Anônimo said...

Pessoal do Rio de Janeiro: acabei de comprar o meu nas Lojas Americanas da Rua Marques de Abrantes, no Flamengo. Ainda havia umas 5 unidades lá. O preço é R$ 29,99. O DVD que comprei é o da série "Grandes Nomes" mesmo. Espero ter ajudado. Abraços,

17 de agosto de 2009 20:04  
Anonymous Anônimo said...

Ajudou, rapaz, o problema é ter de ir ao Flamengo. Mas vou. Se ainda encontrar.

VALEU ANÔNIMO.

17 de agosto de 2009 22:59  
Anonymous Anônimo said...

Aqui em Belo Horizonte também não achei em 2 shoppings que fui. E tinha lojas americanas em 1 deles...
Vai entender.

17 de agosto de 2009 23:20  
Anonymous Anônimo said...

Em plena era digital e a gente tendo de ir de um bairro a outro para conprar CD ou DVD. Parece piada.

18 de agosto de 2009 00:04  
Anonymous Anônimo said...

Resposta da "Livraria Cultura": não há previsão do lançamento - perguntaram-me na resposta ao e-mail que fiz como o DVD está sendo achado, no que respondi: "em certas Lojas Americanas, na base do garimpo mesmo, sendo que o SAC da empresa tá boiando".

Resposta da "Modern Sound": o DVD está sendo distribuído a partir de hoje para todo o mercado e a previsão MAIS otimista é final do mês.

Até agora foram as que me deram satisfação porque ontem eu perturbei.

18 de agosto de 2009 13:28  
Anonymous Anônimo said...

Sou um caçador de raridades. Vou a sebos toda semana. Saio com ponta de dedo sujo, alguns com cheiro de mofo de enjoar, chegando em casa é mais de um dia para limpar a mídia e ainda ter de trocar a embalagem plástica... mas como pode UM LANÇAMENTO de um artista CONHECIDO NO BRASIL INTEIRO virar raridade ?

Alguém pode explicar ?

18 de agosto de 2009 13:46  
Blogger Acácio said...

Aqui em Recife encontrei em todas as lojas Americanas e olhe que isso já tem dias...

18 de agosto de 2009 14:46  
Anonymous Anônimo said...

Esqueceram de avisar a Som Livre e as Americanas que o DVD é de Gonzaguinha e não do Gonzagão...

18 de agosto de 2009 15:07  
Anonymous Anônimo said...

Resposta da Saraiva: "sem previsão".

18 de agosto de 2009 21:18  
Anonymous Anônimo said...

A "Livraria Cultura" informa: a Som Livre fechou contrato de exclusividade para a venda do DVD de Gonzaguinha - e só em lojas físicas. VOLTAMOS AOS TEMPOS DAS CAVERNAS.

20 de agosto de 2009 00:32  
Anonymous Anônimo said...

JÁ TEM NA SARAIVA.

20 de agosto de 2009 14:32  
Anonymous Anônimo said...

Tem realmente, mas estou acostumado a comprar lá e a mensagem "sujeito à disponibilidade do fornecedor" sem que tenha sido posto em "pré-venda" primeiro é esquisito. Mas podem arriscar porque a "Saraiva" - quando a compra é no cartão - só debita o valor quando do envio efetivo do produto.

20 de agosto de 2009 17:16  

Postar um comentário

<< Home