12 de julho de 2009

Duo terno com Wandeca no show dos 50 do Rei

ItáuBrasil - Roberto Carlos no Maracanã
Vértice feminino do triângulo centralizador da Jovem Guarda, o movimento pop que projetou Roberto Carlos em escala nacional na década de 60, Wanderléa foi naturalmente convidada para participar da apresentação especial do show com que o artista festeja seus 50 anos de carreira. Ao som do prefixo de Pare o Casamento (1966), um de seus hits nas jovens tardes dominicais, a cantora pisou no palco armado no Maracanã na noite chuvosa de 11 de julho de 2009. Após abraços e beijos, Wandeca e o Rei (em foto de Mauro Ferreira) fizeram terno dueto em... Ternura, a versão de Rossini Pinto para Somehow It Got to Be Tomorrow (Today), lançada por Wanderléa em 1965 e regravada por Roberto em 1977. Na sequência, com Erasmo Carlos já de volta ao palco, o trio reviveu Eu Sou Terrível (1967) em nome dos velhos tempos...

6 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Vértice feminino do triângulo centralizador da Jovem Guarda, o movimento pop que projetou Roberto Carlos em escala nacional na década de 60, Wanderléa foi naturalmente convidada para participar da apresentação especial do show com que o artista festeja seus 50 anos de carreira. Ao som do prefixo de Pare o Casamento (1966), um de seus hits nas jovens tardes dominicais, a cantora pisou no palco armado no Maracanã na noite chuvosa de 11 de julho de 2009. Após abraços e beijos, Wandeca e o Rei (em foto de Mauro Ferreira) fizeram terno dueto em... Ternura, a versão de Rossini Pinto para Somehow It Got to Be Tomorrow (Today), lançada por Wanderléa em 1965 e regravada por Roberto em 1977. Na sequência, com Erasmo Carlos já de volta ao palco, o trio reviveu Eu Sou Terrível (1967) em nome dos velhos tempos...

12 de julho de 2009 14:15  
Anonymous Diogo ! said...

Wanderléa já chegou na casa dos 60 mas ainda tá gata. Inocente fui eu em acreditar que ela cantaria outra coisa a não ser essa aí ...


PS: Senti falta de Maria Bethânia e/ou Gal Costa nesse show !

Diogo Santos
Balneario Camboriu - SC

12 de julho de 2009 15:48  
Anonymous Anônimo said...

Belo momento. Os dois fazem parte do cotidiano do povo brasileiro.

12 de julho de 2009 17:52  
Anonymous leo said...

A Wandeca é aquela loirona gostosa, amiga da mami, que a gente adora receber em casa.
Na minha será sempre bem vinda.

13 de julho de 2009 12:01  
Anonymous Anônimo said...

Não entendo a Wanderléa insitir aos 60 anos nas roupas curtas.Ela está linda,mas fica demais.Parece apelaçao.Wanderléa a gente te ama mais velha e com roupa condizente com sua idade.Chegar aos 60 é a glória.Chegar bem como vc é mais gostoso ainda.Pára com essas coisinhas pequenas e repetitivas.Vc estava assim nos 50 do Roberto no Municipal de SP.Tá bom lindona.Não precisa provar que está gostosona,vc é um sonho para nós brasileiros.É só um recadinho carinhoso.Espero que vc veja.

13 de julho de 2009 15:58  
Anonymous Anônimo said...

Merece ser reproduzido em todos:

"GALERA DO BLOG, TODOS QUE APRECIARÃO SEMPRE, QUE JÁ APRECIARAM OU NUNCA APRECIARAM E APRECIARÃO ROBERTO CARLOS:

Eu adoro este blog aqui porque ponho para fora meu lado "crítico de música" frustrado. Poderia escolher vários, mas o nível aqui - concordando ou não com a minha "crítica" - é alto.

NÃO ACHO QUE O SHOW DE ONTEM DEVA SER ANALISADO MUSICAL OU TECNICAMENTE. ERA UMA COMEMORAÇÃO DE UM ARTISTA QUE FEZ HISTÓRIA EM NOSSA MPB E É SEMPRE BOM TERMOS ESSE TIPO DE COMEMORAÇÃO OU HOMENAGEM COM O ARTISTA AINDA VIVO, SEM AQUELA HIPOCRISIA TÍPICA DO SER-HUMANO DE FINGIR TRISTEZA OU PASSAR A GOSTAR DE ALGUÉM DEPOIS DE MORTO. E NESSA LINHA DE PENSAMENTO A HOMENAGEM FOI NOTA 1.000 E O SHOW, COMO UM TODO, TAMBÉM.

Parabéns a Roberto pela brilhante carreira, pela história de vida e pelos fãs que conquistou. E agradeço por ter feito muitas músicas que em algum momento significaram algo para mim ou para alguém. Seja apenas para divertir, seja para emocionar, seja para homenagear, seja para ser a trilha-sonora de um fato importante na vida de cada um de nós.

Querendo ou não ROBERTO É PARTE DA MÚSICA BRASILEIRA - E PARTE IMPORTANTE SENÃO NÃO TERIA A HOMENAGEM.

Abraços aos fãs que a tudo apreciam, aos "estudados em música" que analisam o Rei tecnicamente e aos que nunca gostaram seja por que motivo for."

Dá-lhe, anônimo.

13 de julho de 2009 20:56  

Postar um comentário

<< Home