9 de junho de 2009

Zeca lidera indicações ao 20º Prêmio de Música

Anunciada nesta terça-feira, 9 de junho de 2009, a longa lista de indicados à 20ª edição do Prêmio da Música Brasileira é liderada por Zeca Pagodinho, que angariou cinco nomeações por conta do álbum Uma Prova de Amor. Referente à produção fonográfica de 2008, a lista contabiliza 103 indicados em 16 categorias, eleitos pelo júri a partir da avaliação dos 809 CDs e 137 DVDs inscritos. A cada ano, tem soado mais coerente a lista do prêmio mais abrangente da música brasileira - desta vez, bancado por seu idealizador, José Maurício Machline, devido à retirada do habitual patrocínio de uma empresa de telefonia móvel que emprestava seu nome ao evento. As únicas distorções acontecem na sempre genérica categoria Canção Popular (um eufemismo para brega), que agrega este ano indicações para as cantoras Maria Alcina e Wanderléa, cujos últimos discos são mais identificados com a MPB do que com a tal Canção Popular. Sem falar em Zé Geraldo, cujo trabalho é mais apropriado para a também polêmica categoria Regional. A cerimônia de premiação - agendada para 1º de julho no Canecão (RJ) - acontecerá em festa-show que vai prestar tributo à obra da cantora Clara Nunes (1942 - 1983). Eis a lista de indicados à 20ª edição do guerreiro Prêmio da Música Brasileira:

CATEGORIA ARRANJADOR
- Jaques Morelenbaum - 'E a Música de Tom Jobim'

- Rildo Hora - 'Uma Prova de Amor'
- Wagner Tiso - 'Samba & Jazz - Um Século de Música'


CATEGORIA CANÇÃO
- 'Acabou meu Sossego', de Nelson Sargento e Agenor de Oliveira

- 'Então Leva', de Bira da Vila e Luiz Carlos da Vila

- 'Uma Prova de Amor', de Nelson Rufino e Toninho Geraes


CATEGORIA PROJETO VISUAL
- Disco 'Francisco, Forró y frevo' - Adams Carvalho
- Disco 'Inclassificáveis' - Cássia D'elia
- Disco 'Omara Portuondo
e Maria Bethânia' - Gringo Cardia

CATEGORIA REVELAÇÃO
- A Trombonada (Independente)
- Warley Henrique (Independente)
- Zabé da Loca (Crioula Records)

CATEGORIA CANÇÃO POPULAR
MELHOR DISCO:
- 'Confete e Serpentina' - Maria Alcina
- 'Nova Estação' - Wanderléa
- 'É Tempo de Amar' - Zé Renato
MELHOR DUPLA:
- Rick e Renner ('Passe o Tempo que Passar')
- Rio Negro e Solimões ('Arrastão')
- Zezé di Camargo & Luciano ('Zezé di Camargo & Luciano')
MELHOR GRUPO:
- Banda Calypso ('Acústico')
- Doces Cariocas ('Doces Cariocas')
- The Originals ('A Festa Continua')
MELHOR CANTOR:
- Eduardo Canto ('Lupicínio Rodrigues')
- Zé Geraldo ('Catadô de Bromélias')
- Zé Renato ('É Tempo de Amar')
MELHOR CANTORA:
- Maria Alcina ('Confete e Serpentina')
- Renata Arruda ('Deixa')
- Wanderléa ('Nova Estação')

CATEGORIA INSTRUMENTAL
MELHOR DISCO:
- 'Brasilianos 2' - Hamilton de Holanda

- 'Forró e Choro Vol. 1' - Marcelo Caldi e Fábio Luna
- 'Passo de Anjo ao Vivo' - Spok Frevo Orquestra
MELHOR SOLISTA:
- Alessandro Penezzi ('Sentindo')
- Hamilton de Holanda ('Brasilianos 2')
- Toninho Horta ('Cape Horn')

MELHOR GRUPO:
- Curupira ('Pés no Brasil, Cabeça no Mundo')
- Quarteto Maogani ('Impressão de Choro' )
- Spok Frevo Orquestra ('Passo de Anjo ao Vivo')


CATEGORIA MPB
MELHOR DISCO:
- 'Banda Larga Cordel' - Gilberto Gil
- 'Novas Bossas' - Milton Nascimento e Jobim Trio

- 'Telecoteco' - Paula Morelenbaum
MELHOR GRUPO:
- Bossacucanova ('Ao Vivo')
- Pedro Luis e a Parede ('Ponto Enredo')
- Quinteto Violado ('Quinto Elemento')
MELHOR CANTOR:
- Gilberto Gil ('Banda Larga Cordel')
- Milton Nascimento ('Novas Bossas')
- Ney Matogrosso ('Inclassificáveis')
MELHOR CANTORA:
- Áurea Martins ('Até Sangrar')
- Marisa Monte ('Infinito ao meu Redor')
- Rosa Passos ('Romance')

CATEGORIA POP/ROCK
MELHOR DISCO:
- 'Barraco Dourado' - Bangalafumenga
- 'Labiata' - Lenine
- 'A Arte do Barulho' - Marcelo D2
MELHOR GRUPO:
- Bangalafumenga ('Barraco Dourado')
- O Rappa ('7 vezes' )
- Skank ('Estandarte')
MELHOR CANTOR:
- Lenine ('Labiata')
- Toni Platão ('Pros que Estão em Casa')
- Zé Ramalho ('Canta Bob Dylan - Tá Tudo Mudando')
MELHOR CANTORA:
- Ana Carolina ('Dois quartos - Ao Vivo')
- Cibelle ('Cibelle')
- Paula Toller ('Nosso')


CATEGORIA REGIONAL
MELHOR DISCO:
- 'Francisco, Forró y Frevo' - Chico César
- 'Cantar Caipira' - Pena Branca
- 'Cidade e Rio' - Roberto Mendes
MELHOR DUPLA:
- Chitãozinho e Xororó ('Grandes Clássicos Sertanejos I e II')
MELHOR GRUPO:
- Fim de feira ('A revolução dos Pebas' )
- Mazuca de Agrestina ('Mazuca de Agrestina')
- Orquestra Contemporânea de Olinda
MELHOR CANTOR:
- Chico César ('Francisco, Forró y Frevo')
- Pena Branca ('Cantar Caipira')
- Zé Paulo Medeiros ('Cine Mazzaropi')
MELHOR CANTORA:
- Lia de Itamaracá ('Ciranda de Ritmos')
- Lúcia Menezes ('Pintando e Bordando' )
- Renata Rosa ('Manto dos sonhos')

CATEGORIA SAMBA
MELHOR DISCO:
- 'Estação Melodia ao Vivo' - Luiz Melodia
- 'Versátil' - Nelson Sargento
- 'Uma Prova de Amor' - Zeca Pagodinho
MELHOR GRUPO:
- Grupo Fundo de quintal ('Samba de Todos os Tempos')
- Partideiros do Cacique ('Filhos da Fé')
- Quinteto em branco e preto ('Patrimônio da Humanidade')
MELHOR CANTOR:
- Luiz Melodia ('Estação Melodia ao Vivo')
- Nelson Sargento ('Versátil')
- Zeca Pagodinho ('Uma Prova de Amor')
MELHOR CANTORA:
- Dona Inah ('Olha Quem Chega')
- Leci Brandão ('Eu e o samba')
- Mart'nália ('Madrugada')


CATEGORIA ESPECIAL
DVD:
- Antonio Nóbrega, 'Nove de Frevereiro', diretor Walter Carvalho
- Luiz Melodia, 'Estação Melodia ao vivo', diretor Danilo Bechara
- Toni Platão, 'Pros que Estão em Casa', diretor Gringo Cardia

DISCO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA:
- 'My Baby Just Cares for me' - Delicatessen
- 'Something for You' - Eliane Elias
- 'Encanto' - Sérgio Mendes

DISCO ERUDITO:
- 'Missa de N. Sra. da Conceição & Credo em Si Bemol'
Orquestra Sinfônica Brasileira da Cidade do Rio de Janeiro
- 'Heitor Villa-Lobos Choros n° 2,3,10,12' -
Osesp
- 'Tchaikovsky Sinfonia n° 4 Capricho Italiano' - Osesp


DISCO INFANTIL:
- 'Mundiverso' - Escola Trilhas e Instituto Stagium'
- 'Contando e Cantando Histórias' - Grupo Pererê
- 'Carnaval Palavra Cantada' - Sandra Peres e Paulo Tatit

DISCO PROJETO ESPECIAL
- 'Omara Portuondo e Maria Bethânia'
- 'O samba Informal de Mauro Duarte' -
Samba de Fato e Cristina Buarque
- 'Entre Cordas' - Zezé Gonzaga

DISCO ELETRÔNICO:
- 'Lounge Vol. 1' - DJ Cleston
- '1 Real' - DJ Dolores
- 'Punx' - Guizado

16 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Anunciada nesta terça-feira, 9 de junho de 2009, a longa lista de indicados à 20ª edição do Prêmio da Música Brasileira é liderada por Zeca Pagodinho, que angariou cinco nomeações por conta do álbum Uma Prova de Amor. Referente à produção fonográfica de 2008, a lista contabiliza 103 indicados em 16 categorias, eleitos pelo júri a partir da avaliação dos 809 CDs e 137 DVDs inscritos. A cada ano, tem soado mais coerente a lista do prêmio mais abrangente da música brasileira - desta vez, bancado por seu idealizador, José Maurício Machline, devido à retirada do habitual patrocínio de uma empresa de telefonia móvel que emprestava seu nome ao evento. As únicas distorções acontecem na sempre genérica categoria Canção Popular (um eufemismo para brega), que agrega este ano indicações para as cantoras Maria Alcina e Wanderléa, cujos últimos discos são mais identificados com a MPB do que com a tal Canção Popular. Sem falar em Zé Geraldo, cujo trabalho é mais apropriado para a também polêmica categoria Regional. A cerimônia de premiação - agendada para 1º de julho no Canecão (RJ) - acontecerá em festa-show que vai prestar tributo à obra da cantora Clara Nunes (1942 - 1983). Eis a lista de indicados à 20ª edição do guerreiro Prêmio da Música Brasileira:

9 de junho de 2009 16:22  
Anonymous Anônimo said...

DJ CLEEEEEESSSTOOOOONNNN!! ELE MERECE!! DISCÃO!

9 de junho de 2009 17:19  
Anonymous Ricardo said...

Renata Arruda esta merecendo um prêmio, batalhadora, esta na carreira de Cantora ha mais de 10 anos.

Agora a vez dela chegou!!

9 de junho de 2009 17:46  
Anonymous Anônimo said...

É muito prêmio, moço!!!

O que valeu mesmo foi o novo CD do GIL, o Acústico do Calypso e o retorno da Aurea Martins (mas não merece prêmio de cantora do ano).
E Wanderleia fez um CD bem bacaninha mesmo.
Renata Arruda...ainda não foi desta vez.
Bethânia e Omara??? Cardia de novo???

Premiem Marcia Castro e seu Pecadinho (está aí?), o Gil, e ok, passa a régua!!!

9 de junho de 2009 21:24  
Anonymous Anônimo said...

Pois é, mas concorrendo com os extraordinários discos de Maria Alcina e Wanderléa, vai ficar pra próxima...

9 de junho de 2009 22:02  
Anonymous Anônimo said...

Maria Alcina é uma das maiores estrelas da MPB,merece o prêmio de melhor cantora.O disco novo é sensacional.Parabéns Alcina!

10 de junho de 2009 01:42  
Anonymous Luis Ribeiro said...

Sem querer cair em bairrismos, mas a cena do Rio é tão superior as de São Paulo, Minas e Pernambuco para ter quarenta indicações, sendo que nenhuma das outras chegou nem as 15.Outra coisa,o disco de Zeca Pagodinho não é tão bom assim para liderar as indicações. É um álbum apenas mediano, o Zeca já fez coisas muito melhores. Realmente mostra que dois mil e oito foi um ano de poucos discos bons, pelo menos se comparado a dois mil e sete, e ainda revela a incapacidade do júri do prêmio em abrir seus ouvidos para a nova cena independente do país. Ou talvez, a cena independente ainda não consegue se articular e chegar com competência aos ouvidos dos formadores de opiniao (são os proprios musicos que se inscrevem no premio, não é isso?). Mas fico feliz por Bangalafumenga e Warley Henrique. Eles merecem. São acima da média.

10 de junho de 2009 09:27  
Anonymous Anônimo said...

CALYPSO merece o prêmio. O cordel de GIL, idem. A melhor cantora de 2008 foi Roberta Sá, o cantor, Ney Matogrosso.
E Paula Fernandes, ninguém se lembrou?
Louve-se o retorno de Alcina, Wandeca e Aurea, mas é óbvio que nenhuma destas veteranas foi a melhor cantora do ano.

10 de junho de 2009 09:32  
Anonymous Anônimo said...

Perfeito, Luis Ribeiro! E bem fez o patrocinador que caiu fora dessa! Só ganhavam a turma do Sr. Macchiline! Abraços,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

PS: Louve-se a indicação de Leci Brandão pelo excelente cd Eu e o Samba. Alcione só não foi indicada porque não lançou disco. Como diria Fátima Jurema (por onde anda?) esse ano ela não foi indicada à categoria melhor Alcione (digo: cantora de samba). Ele deveria utilizar essa nomenclatura.

10 de junho de 2009 10:10  
Anonymous Anônimo said...

Fico feliz pelo cd: Samba informal de Mauro Duarte ter sido indicado. Só não compreendo a razão de não ter sido indicado na categoria melhor disco de samba! Incoerências do prêmio, prefiro não comentar mais nada até porque o Mauro veta. Libera aí Maurinho!
Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

10 de junho de 2009 10:22  
Anonymous Anônimo said...

Renata Arruda é uma boa cantora,mas disputar com Maria Alcina não é fácil.Maria Alcina é uma GRANDE cantora que tem um personagem maravilhoso,o masculino da MPB.O disco é um primor.A interpretação de Roendo as Unhas do Paulinho da Viola é muito forte.A gente ouve e não sai da cabeça.

10 de junho de 2009 11:09  
Anonymous Anônimo said...

Achei coerente, descentralizado, foi bom que 2008 não tenha sido o ano dos medalhões, bom também Alcione ter ficado de fora. Áurea Martins e Rosa Passos poderiam dividir o prêmio, aliás, bom ter estes nomes nesta lista. Agora em 2009... teremos Alcione, Beth, Simone, Gal, Betania, Nana, Elba Ramalho, todas com novos cds na praça.

10 de junho de 2009 11:14  
Anonymous Anônimo said...

Maria Alcina é muito merecido seu nome nesta lista.Vc única na música do Brasil.Não tem cópia.

10 de junho de 2009 11:42  
Anonymous Anônimo said...

Prêmio de tradição.
Que bom ter novidades como Alcina.
Isso mostra que as cartas não são marcadas.Graças a Deus.Parabéns aos organizadores do evento.

10 de junho de 2009 19:11  
Anonymous Anônimo said...

Graças a Deus esse ano a Alcione não concorre.

E palmas pro Zé Renato, que com certeza vai abocanhar melho cantor e CD.

10 de junho de 2009 21:53  
Anonymous Anônimo said...

Que bom saber que Maria Alcina está concorrendo á esse prémio,até que fim uma cantora do nível dela pra encabeçar essa lista...parabéns á revista Queem por essa indicação.Carla Silva

25 de novembro de 2009 12:28  

Postar um comentário

<< Home