23 de junho de 2009

Kleiton & Kledir lançam inéditas em CD e DVD

Kleiton & Kledir lançam seu primeiro trabalho de inéditas desde 1986. Gravado em estúdio, Autorretrato chega às lojas em julho de 2009 pela Som Livre nos formatos de CD e DVD. Produzido por Paul Ralphes, o disco apresenta 13 músicas com sonoridade que busca preservar a origem gaúcha da dupla e, ao mesmo tempo, ser contemporânea. O repertório inclui Polca Loca, Na Correnteza do Rio e História de Amor. O último CD do duo, Ao Vivo, é de 2005.

23 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Kleiton & Kledir lançam seu primeiro trabalho de inéditas desde 1986. Gravado em estúdio, Autorretrato chega às lojas em julho de 2009 pela Som Livre nos formatos de CD e DVD. Produzido por Paul Ralphes, o disco apresenta 13 músicas com sonoridade que busca preservar a origem gaúcha da dupla e, ao mesmo tempo, ser contemporânea. O repertório inclui Polca Loca, Na Correnteza do Rio e História de Amor. O último CD do duo, Ao Vivo, é de 2005.

23 de junho de 2009 10:27  
Anonymous Vivian said...

Enquanto não chega a gente só espera... Adoro a música deles.. Visita meu site: contabilidademantiqueira.com.br desenvolvido pela namp.com.br

23 de junho de 2009 11:26  
Anonymous Anônimo said...

Baita notícia, tchê!

23 de junho de 2009 17:33  
Anonymous Anônimo said...

Adoro esses dois aí e muito. Vão me fazer comprar o DVD - mesmo não sendo "ao vivo" - por causa de uma música a mais. Mas não tem nada não, eles podem.

23 de junho de 2009 17:59  
Anonymous Diogo! said...

Baita notícia, tchê!(2)

O último CD do duo, Ao Vivo, é de 2005n e ... é ótimo!


Diogo Santos
Balneario Camboriu - SC

23 de junho de 2009 18:01  
Anonymous Anônimo said...

Tem gente, ainda bem que ainda não pintaram por aqui e tomara que não pintem, que criticam a "popularidade" da dupla argumentando que "Nem Pensar", "Deu pra Ti", "Paixão", "Beijoqueiro" são músicas menores. SEM CHANCE!
E caso eles pintem eu já me adianto: ouçam pérolas como "Semeadura", "Insônia", "Noite de São João", "Louco de Luz", "Roda de Chimarrão", "Pampa de Luz" por exemplo. NÃO ESTOURARAM NA RÁDIO, CORREM MENOS RISCOS DE SEREM JULGADAS PELOS IMPLICANTES DO "POPULAR" E SÃO TÃO BOAS QUANTO AS POPULARES.

ELES SÃO O MÁXIMO!!!!

23 de junho de 2009 18:42  
Anonymous Anônimo said...

É isso aí anônimo e vou além. Cantam obras-primas de tudo que é jeito: Humor ("Maria-Fumaça" e "Trova"; Amor ("Paixão" e "Fonte da Saudade"); Atitude ("Semeadura", "Vira Virou", "Navega Coração")e as belíssimas regionais ("Roda de Chimarrão", "Lagos dos Patos", "Canção da Meia-Noite", "Noite de São João").
Se depender de bom gosto, talento e diversidade estamos muito bem servidos.
PS: sou carioca da gema e quem dera eu tivesse uma dupla dessa nascida no meu litoral.

23 de junho de 2009 18:53  
Anonymous Anônimo said...

Foi o primeiro show que assisti na minha vida.
Ouvia "Maria-Fumaça" toda hora a ponto de ter meu pai brigando com vizinho que queria que a "locomotiva" parásse na próxima estação.
Foram os primeiros artistas que me fizeram "pagar mico" de ir à camarim pedir autógrafo.
Quase surtei quando a Universal relançou seus 5 discos em CD (bem como o 2º e o 3º dos Almôndegas - antes era só coletânea.
Quase chorei quando se separaram no começo dos anos 90.
Precisa mais ?
Ah! Precisa sim: que a SOM LIVRE digitalize o "solo" de Kleiton que à época fo lançado em vinil pela RGE (que eu saiba ela comprou o catálogo), já que o "solo" de Kledir a própria SOM LIVRE lançou à época já em CD.

E CONCORDO COM OS ANÔNIMOS DE BOM GOSTO E CONHECEDORES DO ASSUNTO AÍ EM CIMA. BOM GOSTO É UMA BELEZA. MAU GOSTO ? "Nem Pensar" - sou pobre em piadas, mas tentei. FUI!

23 de junho de 2009 20:37  
Anonymous Anônimo said...

"Viva a alegria e viva o prazer de ter um novo disco desta dupla linda de viver... e viva o blog do Maurú"
Tá comprado! Tem na Saraiva e na Cultura. Em pré-venda, só para aumentar a expectativa.

23 de junho de 2009 21:28  
Anonymous Anônimo said...

NAVEGA CORAÇÃO com o Céu da Boca fazendo aquele vocal de arrepiar é muito lindo. Eu faço o coro aqui.
Viva K&K! ... e o maninho mais "intelectualizado" também. Ô família abençoada.

23 de junho de 2009 21:31  
Blogger MAXXX said...

Eu tenho 34 anos, e Kleiton & Kleidir são os que estão a mais tempo na minha memória musical. O primeiro disco da minha vida, foi um compacto que eu ganhei de meus pais quando tinha 6 anos. Tudo por causa de "Maria Fumaça", música que dancei na quadrilha junina do "prézinho". De lá pra cá, foi paixão pra toda vida...

24 de junho de 2009 12:22  
Anonymous Anônimo said...

Eu tenho 40 e continuo curtindo os maninhos aí. Bom demais. A idade só me fez apreciar também o "intelectualizado" como disseram aí. Vitor Ramil é demais também.

24 de junho de 2009 21:12  
Anonymous Anônimo said...

Cadê o Céu da Boca ? Cabô ?

24 de junho de 2009 21:12  
Anonymous Anônimo said...

"Cabô" anônimo. Já era. Infelizmente.

24 de junho de 2009 21:17  
Anonymous Anônimo said...

SEMEADURA não tem para ninguém e faço questão de reproduzir para os recém-chegados:

"Nós vamos prosseguir, companheiro
Medo não há
No rumo certo da estrada
Unidos vamos crescer e andar

Nós vamos repartir, companheiro
O campo e o mar
O pão da vida, meu braço, meu
peito
Feito p'ra amar.

REFRÃO:
Americana pátria, morena
"Quiero tener"
Guitarra e canto "libre en tu
amañecer"
No pampa meu pála a voar
Esteira de vento e luar
Vento e luar...

Nós vamos semear, companheiro
No coração
Manhãs e frutos e sonhos
P'ra um dia acabar com essa
escuridão

Nós vamos preparar, companheiro
Sem ilusão
Um novo tempo em que a paz e a
fartura
Brotem das mãos.

(REFRÃO)

DECLAMADO (c/ fundo musical):
Minha guitarra, companheiro,
fala o idioma das águas, das
pedras, dos cárceres,
do medo, do fogo e do sal.
Minha guitarra tem os demônios da
ternura e da tempestade.
É como um cavalo que rasga o
ventre da noite, beija o relâmpago
e desafia os senhores da vida e
da morte.
Minha guitarra é minha terra,
companheiro.
É meu arado semeando na escuridão
um tempo de claridade.
Minha guitarra é MEU POVO,
COMPANHEIRO!"

E a melodia é tão bela quanto. Quem não conhece não sabe o que está perdendo.

24 de junho de 2009 22:03  
Anonymous Anônimo said...

Os conheci pessoalmente. Um colega de faculdade era primo. Estavam no auge e eram uma simpatia. Viva K&K! (2).

24 de junho de 2009 22:09  
Anonymous Anônimo said...

Infelizmente anônimo o Céu da Boca foi-se. E em CD só a coletânea "Millennium" (que acho que já saiu de catálogo).

24 de junho de 2009 22:16  
Anonymous Anônimo said...

Eu adorava ouvir a dupla acompannhando o glossário que vinha nos encartes dos primeiros discos. Era um barato aquela tradução do português para o português.

24 de junho de 2009 22:19  
Anonymous Anônimo said...

Eu dei meu primeiro beijo na boca ao som de "Paixão" e terminei meu primeiro namoro "sério" também. Ela não aguentava mais e eu preferi a música.
Aliás, até hoje.

24 de junho de 2009 22:23  
Anonymous Anônimo said...

O Violino de Kleiton sempre foi um bonito diferencial. Era novidade na época ter o instrumento em primeiro plano em MPB ou música regional.
No mais, parabéns a todos os comentários aí. AQUI SÓ BOM GOSTO. ALELUIA!

25 de junho de 2009 19:16  
Anonymous Anônimo said...

É vero, é só lembrar da introdução de "Navega Coração" com aquele solo de violino. Nunca tinha me atentado para a observação. Mandou bem também anônimo.

25 de junho de 2009 22:07  
Anonymous Anônimo said...

NÍVEL ALTO E TODO MUNDO EM PAZ.
Só Kleitom & Kledir mesmo.

26 de junho de 2009 21:38  
Anonymous Anônimo said...

Best of the best, tchê!

26 de junho de 2009 22:11  

Postar um comentário

<< Home