6 de junho de 2009

Com Paulo Sérgio, Guinga revê obra saudosista

Resenha de CD / DVD
Título: Saudade do
Cordão
Artista: Guinga &
Paulo Sérgio Santos
Gravadora: Biscoito Fino
Cotação: * * * * 1/2

É sintomático que as duas composições que abrem e fecham os belos CD e DVD gravados por Guinga com o clarinetista Paulo Sérgio Santos - a inédita Saudade do Cordão e a bem antiga Adeus, Cinco Letras que Choram (Silvino Neto) - sejam pontuadas por uma nostalgia expressada já em seus respectivos títulos. É que a obra de Guinga, como um todo, é calcada em algum lugar do passado e exprime a saudade de um Brasil de tempos idos. Neste projeto, Guinga conta ao jornalista Tárik de Souza - no bate-papo exibido nos extras do DVD - que seu sonho sempre foi ser um compositor brasileiro. Pois esta gravação ao vivo, filmada em estúdio com requinte pela produtora Cineviola, atesta o que já é sabido desde o início dos anos 90: Guinga não somente realizou seu sonho de forma magistral como atualmente figura no primeiro time de compositores brasileiros com seu cancioneiro enraizado nas tradições de Heitor Villa-Lobos (1887 - 1959). Obra que agrega baiões, côcos, choros, modinhas e valsas de espírito antigo no sentido de que nunca foi contaminada pelas mudernidades. E, por isso mesmo, soa incrivelmente moderna nesta revisão feita com Guinga ao violão e Paulo Sérgio Santos na sua virtuosa clarineta (com intervenções da bateria de Jurim Moreira). É total a interação dos músicos na condução de temas como Por Trás de Brás de Pina e Destino Bocayuva - para citar somente dois temas em que Guinga expressa com orgulho a sua origem suburbana. Única faixa cantada da gravação oficial, Saci pula macio na voz de Lenine. Nos extras, Guinga também se aventura a cantar a letra que escreveu para a inédita Porto da Madama, tema que reafirma sua inspiração rara. Enfim, Saudade do Cordão é para quem aprecia a beleza atemporal de Senhorinha, Nem Cais Nem Barco, Cine Baronesa, Catavento e Girassol etc. Músicas que ajudaram Guinga a realizar o seu grande sonho de ser compositor brasileiro.

6 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Resenha de CD / DVD
Título: Saudade do
Cordão
Artista: Guinga &
Paulo Sérgio Santos
Gravadora: Biscoito Fino
Cotação: * * * * 1/2

É sintomático que as duas composições que abrem e fecham os belos CD e DVD gravados por Guinga com o clarinetista Paulo Sérgio Santos - a inédita Saudade do Cordão e a bem antiga Adeus, Cinco Letras que Choram (Silvino Neto) - sejam pontuadas por uma nostalgia expressada já em seus respectivos títulos. É que a obra de Guinga, como um todo, é calcada em algum lugar do passado e exprime a saudade de um Brasil de tempos idos. Neste projeto, Guinga conta ao jornalista Tárik de Souza - no bate-papo exibido nos extras do DVD - que seu sonho sempre foi ser um compositor brasileiro. Pois esta gravação ao vivo, filmada em estúdio com requinte pela produtora Cineviola, atesta o que já é sabido desde o início dos anos 90: Guinga não somente realizou seu sonho de forma magistral como atualmente figura no primeiro time de compositores brasileiros com seu cancioneiro enraizado nas tradições de Heitor Villa-Lobos (1887 - 1959). Obra que agrega baiões, côcos, choros, modinhas e valsas de espírito antigo no sentido de que nunca foi contaminada pelas mudernidades. E, por isso mesmo, soa incrivelmente moderna nesta revisão feita com Guinga ao violão e Paulo Sérgio Santos na sua virtuosa clarineta (com intervenções da bateria de Jurim Moreira). É total a interação dos músicos na condução de temas como Por Trás de Brás de Pina e Destino Bocayuva - para citar somente dois temas em que Guinga expressa com orgulho a sua origem suburbana. Única faixa cantada da gravação oficial, Saci pula macio na voz de Lenine. Nos extras, Guinga também se aventura a cantar a letra que escreveu para a inédita Porto da Madama, tema que reafirma sua inspiração rara. Enfim, Saudade do Cordão é para quem aprecia a beleza atemporal de Senhorinha, Nem Cais Nem Barco, Cine Baronesa, Catavento e Girassol etc. Músicas que ajudaram Guinga a realizar o seu grande sonho de ser compositor brasileiro.

6 de junho de 2009 17:00  
Anonymous Anônimo said...

Guinga já é um mestre. Bem acompanhado então. SEM ERRO.

6 de junho de 2009 17:33  
Anonymous Anônimo said...

Mauro já disse tudo. Só realço a facilidade que seu talento tem de compor pérolas em todos os estilos de nossa música. VIVA GUINGA!

6 de junho de 2009 19:02  
Blogger PedroPeter said...

Guinga é meu herói, sem sombra de dúvidas. SEM ERRO (2)

7 de junho de 2009 05:17  
Blogger Jeanne Duarte said...

Juntar Guinga e Paulo Sérgio no CD e DVD aqui em Arars, RJ, na Cineviola, foi um prazer. Foram doze dias de convivência intensa, que nos fez aproximar ainda mais da música e dos amigos músicos. O Paulo Sérgio comprovou nesse trabalho que é um dos maiores clarinetistas de todos os tempos. E Guinga... bem , Guinga dispensa comentários.

8 de junho de 2009 11:58  
Anonymous Anônimo said...

Viva o espetacular Guinga!, minha próxima compra é esse dvd ( além do cd, claro, que é coleção).

9 de junho de 2009 17:09  

Postar um comentário

<< Home