16 de junho de 2009

Bethânia, Zélia e Aydar cantam Clara no prêmio

Maria Bethânia vai participar do show que reverencia a obra de Clara Nunes (1942 - 1983) na 20ª edição do Prêmio da Música Brasileira. Bethânia vai cantar Conto de Areia (1974), primeiro grande sucesso de Clara (em foto de Wilton Montenegro). O elenco do show da cerimônia de premiação - agendada para 1º de julho de 2009, no Canecão (RJ) - já conta também com as adesões de Alcione (Sem Companhia, 1980), Mariana Aydar (Portela na Avenida, 1981 - em dueto com Leandro Sapucahy), Lenine (O Mar Serenou, 1975 - em dueto com João Cavalcanti), Zeca Pagodinho (Menino Deus, 1974), Fabiana Cozza (Um Ser de Luz, 1983), Arlindo Cruz (Mineira, 1975 - em dueto com Altay Velloso) e Zélia Duncan (Nação, 1982 - num dueto com João Bosco), entre outros.

26 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Maria Bethânia vai participar do show que reverencia a obra de Clara Nunes (1942 - 1983) na 20ª edição do Prêmio da Música Brasileira. Bethânia vai cantar Conto de Areia (1974), primeiro grande sucesso de Clara (em foto de Wilton Montenegro). O elenco do show da cerimônia de premiação - agendada para 1º de julho de 2009, no Canecão (RJ) - já conta também com as adesões de Alcione (Sem Companhia, 1980), Mariana Aydar (Portela na Avenida, 1981 - em dueto com Leandro Sapucahy), Lenine (O Mar Serenou, 1975 - em dueto com João Cavalcanti), Zeca Pagodinho (Menino Deus, 1974), Fabiana Cozza (Um Ser de Luz, 1983), Arlindo Cruz (Mineira, 1975 - em dueto com Altay Velloso) e Zélia Duncan (Nação, 1982 - num dueto com João Bosco), entre outros.

16 de junho de 2009 13:57  
Anonymous Júlia said...

Amo Clara e Bethânia! Elas tem uma força no palco que sempre me comoveu, sem contar na devoção das duas à cultura negra e aos orixás! Grande homengaem de Uma Diva (Bethânia) à outra diva (Clara)!

Vai ser transmitido?

16 de junho de 2009 14:30  
Anonymous Anônimo said...

Nossa, que lindo, pena que é dia de semana e eu moro em SP!

16 de junho de 2009 14:36  
Anonymous Anônimo said...

Mauro,

O primeiro grande sucesso da Clara foi Ê Baiana. Antes ela conseguira uma certa visibilidade também com Você passa e eu acho graça.
Acho que você citou Contos de Areia porque o Lp Alvorecer, de 1974, foi o primeiro disco da Guerreira que vendeu MUITO. Abraços,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

PS: Essa Cozza aí se acha a Clara!E nada a ver Zeca Pagodinho com Clara! Paulinho combinaria muito mais!

16 de junho de 2009 14:51  
Anonymous Euterpe said...

Vamolá, pessoal. Vamos fazer uma coisa de responsa. O repertório está bom, o elenco também, Bethania tem tudo para brilhar em Conto de Areia.

Ensaiar, ensaiar, ensaiar, que a homenageada não é uma zefa manefa. É a CLARA NUNES, fazendo o favor.

16 de junho de 2009 16:00  
Blogger Paulo Gonçalo said...

Faltou aí a Cigarra grande amiga de Clara que pena!!

16 de junho de 2009 16:39  
Blogger Dido Borges said...

Algum canal de TV vai transmitir, Mauro?

Grato.

16 de junho de 2009 16:40  
Anonymous Anônimo said...

O legal dessas homenagens é ver as possíveis releituras de sucessos conhecidos por artistas de características diversas da homenageada, ou seja, da Clara.

Parece-me que teremos o Lenine, figura carimbada do prêmio,cantará uma música da intérprete.

Dele sempre vem algo bom!

Leandro - Brasília/DF

16 de junho de 2009 17:47  
Anonymous Anônimo said...

TEM DE VIRAR DVD. E CONCORDO: FALTOU A CIGARRA MESMO.

16 de junho de 2009 20:19  
Anonymous Anônimo said...

FALTOU COMO SEMPRE A VOZ DA MAGNÍFICA SELMA REIS, MAS ELA VAI NOS DAR UM UM PRESENTE EM CD QUE É CANTAR PCP.
DARIO / SALVADOR

16 de junho de 2009 21:01  
Anonymous paulo cézar said...

Alguém daí pode me falar qdo betania vai sair com novo cd?
Será que eu e outros fãs tem muito o que esperar ou vai sair logo loguinho. Mauro, mermão vê isso daí por nos?

16 de junho de 2009 21:26  
Anonymous sul azevedo said...

Realmente Bethânia está me cansando.
Iansã com Rita Ribeiro, Conto de Areia neste projeto......mais do mesmo, de novo???!!!

Bethania à parte, acho justíssima a homenagem à Clara, uma das grandes cantoras que o país conheceu...

E, ok, Simone daria uma sonoridade diferente neste contexto. Gosto da levada desta senhora, no samba. Ela foge do óbvio e tem uma divisão toda própria. Ginga discreta e elegante.

16 de junho de 2009 22:46  
Anonymous Anônimo said...

Que lindo vai ser ver Bethânia homenageando Clara Nunes.Coisa de fazer muito sabichão metido a biógrafo repensar o que escreveu a respeito da Deusa do Samba.
Francisco Carlos,fã INCONDICIONAL da MAIOR DIVA DO SAMBA.

16 de junho de 2009 22:58  
Anonymous Anônimo said...

Não entendo...Simone era amiga íntima de Clara...e Nação foi gravado com bosco por ela há pouco tempo de forma belíssima em homenagem à mesma...

17 de junho de 2009 07:12  
Anonymous Anônimo said...

A TV tem que mostrar!

17 de junho de 2009 08:04  
Blogger Fernando de Sá Leitão said...

Gostei das homenagens, e a presença de algumas grandes intérpretes, como a incansável BETHÂNIA garante que será justo e bom, o espetáculo.

17 de junho de 2009 08:54  
Anonymous Anônimo said...

Viva Clara ... e viva o samba. Justa homenagem à Guerreira. Gostaria de ver a Elba cantando Feira de Mangaio. E espero que alguma emissora de TVtransmita esse espetáculo, sem cortes.

Luiz Leite - Belém/PA

17 de junho de 2009 09:42  
Anonymous Anônimo said...

rosemberg

é bom saber que os artistas abraçaram esse premio, que por falta de patrocinio, quase não se realiza.
acho que bethania na cansa, ela só coloca o seu talento à serviço do que presta do que acredita e onde é respeitada.
recentemente ela se negou a participar do show do roberto carlos e deu no que deu, varias cantoras foram desrespeitada pela
tv globo e o rei sequer se pronunciou.
deveria, como forma de se desculpar ,convidar todas as cantoras cortadas para seu especial de final de ano.

17 de junho de 2009 17:16  
Anonymous Anônimo said...

Emanuel Andrade disse

Imagino a DESconstrução que Zélia Duncan vai fazer em Nação, uma música que não é pra qualquer ocasião. Só falta chamar a Calcanhoto e Marisa Monte pra esse bloco do mais de sempre, o novelho furado.

17 de junho de 2009 23:50  
Anonymous Anônimo said...

"E nada a ver Zeca Pagodinho com Clara! Paulinho combinaria muito mais!" (02)

Concordo totalmente Marcelo.


Viva(para sempre) a GUERREIRA.


Welerson André.

18 de junho de 2009 09:59  
Anonymous Anônimo said...

Não ter a Tereza Cristina? A melhor representande, na minha opinião, do samba.Zélia Duncan pra cantar nação?
Ih, gente, sei não. Cade a Céu? a Mariana? a Roberta? O gente! E tantas outras vozes que sei que estão demais hoje no Brasil e que não cito por não conhecer o trabalho. Mas que tem, tem!

18 de junho de 2009 14:58  
Anonymous Anônimo said...

CONTO DE AREIA foi o primeiro sucesso que arrebatou a carreira de Clara. Antes , porém , temos: VOCE PASSA EU ACHO GRAÇA,Ê BAIANA.

Clara foi a primeira cantora a vender mais que Roberto Carlos nos anos 70.

Clareana SP

18 de junho de 2009 20:30  
Anonymous Anônimo said...

Dona Clareana,

O que foi que eu escrevi? Praticamente a mesma coisa,sendo que o lp Alvorecer estourou pela música que dava nome ao álbum, parceria de Dona Ivone Lara e Délcio Carvaho; e pelo grande sucesso Conto de Areia, da dupla revelada por ela, Romildo e Toninho. Um abraço.
Anônimo que concordou comigo, eu também retiraria dessa lista o Arlindo, outro que nada tem a ver com a saudosa e maravilhosa Clara Guerreira Sabiá Nunes! Abraços,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

Caro Chico Carlos, realmente é uma DIVA, mas eu sou mais a minha Rainha tá? rsrsrs
Grande abraço.

18 de junho de 2009 21:16  
Anonymous Anônimo said...

Verdade que não tem cachê nenhum e que as cantoras vão fazer por vontade mesmo?


E quanto a Céu, Mariana, e Roberta... Eu as adoro, mas, desculpe, as três não são mais ou menos cantoras do mesmo estilo pro mesmo nicho?


Jovens lindas de ver, doces de ouvir, femininas, estilosas, com boa afinação, com mpb modernoso, todas com um "que" de Marisa Monte... hmmmm... Achei que a idéia era ter representação mais ampla.


Adoro vê-las mas competem pelo mesmo lugar. E nessa categoria já temos representante na Mariana Aydar - mais apropriada para esse trabalho.


Já Teresa Cristina tem TUDO a ver e tinha que estar aí. Aí sim, tem algo pertinente e diferente. Isso é variedade relevante.


Quanto a Zélia, quem implica, não vai escutar nunca nem pra perceber que hoje em dia ela pode dar conta do recado muito bem. Dar o braço a torcer dói.

18 de junho de 2009 23:04  
Anonymous Anônimo said...

Adoro ler o Marcelo Barbosa. Sou fã.
A partir dele até comecei a botar um cadiquinho mais de reparo em sua musa.
Continuo sem achar muita graça nela, mas ELE..........

Viva (SEMPRE)a grande Clara Nunes!

22 de junho de 2009 01:36  
Anonymous Anônimo said...

Obrigado anônimo das 01:36. Mas tente gostar mais da minha Rainha também! Vale muito à pena! Tudo o que sei de música, em especial samba, devo sobretudo a ela que SEMPRE me sinalizou a nata dos compositores do gênero.
Grande abraço e viva Clara Nunes SEMPRE!

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

22 de junho de 2009 19:24  

Postar um comentário

<< Home