2 de maio de 2009

Herbert planeja regravar hits no quarto CD solo

Herbert Vianna planeja gravar seu quarto CD solo até o fim deste ano de 2009. O sucessor de Ê Batumaré (1992), Santorini Blues (1997) e O Som do Sim (2000) vai ser feito no estilo voz-e-violão. A idéia do compositor é regravar canções de sua autoria que foram sucesso em vozes alheias. Entre elas, Se Eu Não te Amasse Tanto Assim - hit do primeiro disco solo de Ivete Sangalo.

9 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Herbert Vianna planeja gravar seu quarto CD solo até o fim deste ano de 2009. O sucessor de Ê Batumaré (1992), Santorini Blues (1997) e O Som do Sim (2000) vai ser feito no estilo voz-e-violão. A idéia do compositor é regravar canções de sua autoria que foram sucesso em vozes alheias. Entre elas, Se Eu Não te Amasse Tanto Assim - hit do primeiro disco solo de Ivete Sangalo.

2 de maio de 2009 21:03  
Anonymous Anônimo said...

Um vencedor, na música e na vida.
POP/ROCK com inteligência e o principal: letras e MELODIAS que prestem. Não é fácil.
"Que seja eterno enquanto..." SEMPRE.

2 de maio de 2009 21:03  
Anonymous Anônimo said...

Com certeza, será um belo álbum.

2 de maio de 2009 22:28  
Anonymous Anônimo said...

Na época em que pensava em seu terceiro disco solo, Herbert chegou a declarar que regravaria músicas suas que tinham sido entregues a outros cantores. Depois, mudou de idéia. Legal que tenha revisto a decisão para este quarto álbum solo.

3 de maio de 2009 09:31  
Blogger André Luís said...

O Herbert é um ótimo compositor (certamente um dos melhores do chamado Pop/Rock nacional). Porém, que me desculpe os seus fãs, Herbert nunca foi bom cantor. Talvez por isso gravar músicas que foram sucessos na voz de outros, apenas no formato "voz + violão", vá soar estranho... vamos ver (ouvir).

3 de maio de 2009 10:46  
Anonymous Anônimo said...

É verdade André, mas muita coisa que soa estranha por muitas vezes não deixa de ser bonita. Então que seja estranho e bonito. Aliás, mais um ponto para Herbert, já que o óbvio e bonito é teoricamente mais fácil.

3 de maio de 2009 13:57  
Anonymous Rafa said...

Acredito que a ótima versão registrada pelos Paralamas (no acústico) de "Um Amor, Um Lugar", originalmente gravada pela Fernanda Abreu com a participação do Herbert, é uma prova de que canções presenteadas a outrem podem cair bem no repertório de seu autor. Com "Speed Racer", no segundo solo "Santorini Blues", aconteceu o mesmo.
Só estou com um pouco de receio porque o Herbert não estava na sua melhor forma vocal (que, reconhecidamente, nunca foi grande coisa, apesar dele ser muito esforçado) até bem pouco tempo atrás. Talvez um clima mais intimista acabe exacerbando as limitações deste Herbert Vianna pós-acidente como vocalista.
Mas eu aposto minhas fichas no paralama!

3 de maio de 2009 18:26  
Anonymous Felipe dos Santos Souza said...

HV já dissera que o trabalho ia ser voz-e-violão, há um tempo...

Se não me engano, perto de quando colaborou com o "Um Barzinho, Um Violão - Vol.4", de novelas, cantando a "Capitão de Indústria" que já gravara n'Os Paralamas.

Confesso que fico curioso... será algo mais seco ainda do que o "Santorini Blues", que já era acústico até a medula?

Aliás, "Santorini" era ótimo... gosto de "Speed Racer" e "A Palavra Certa" - a última, ele até andou inserindo nuns shows dos PdS, na turnê de "Hey Na Na", se não estou errado.

E, quando lembro do primoroso "O Som do Sim", me irrito ao lembrar logo depois do 4 de fevereiro de 2001... o acidente ceifou aquela que estava sendo a melhor fase da carreira de HV como compositor. Naquele triênio 1999/2000/2001, o homem cedia música para Deus e o mundo... Ivete Sangalo, Zizi, Zélia Duncan...

3 de maio de 2009 21:49  
Blogger Fernando Gomes said...

Herbert presente é um presente para todos que gostam de sua música. Herbert produzindo, sejam canções, discos, pensamentos é um grande presente para todos nós. Tomara que esse trabalho solo não tarde a chegar. Viva Herbert Vianna! Viva os Paralamas! E saudações rubro-negras ao Herbert!

8 de maio de 2009 19:23  

Postar um comentário

<< Home