12 de maio de 2009

Erasmo volta ao 'Rock'n'Roll' em CD de inéditas

Cover é o primeiro single de Rock'n'Roll, o álbum de inéditas que Erasmo Carlos vai lançar entre maio e junho de 2009 pela gravadora Coqueiro Verde Records, dirigida pelo filho do artista, Leonardo Esteves. Cover é uma das cinco músicas do CD assinadas somente pelo Tremendão no repertório autoral que contabiliza 12 inéditas. Com pegada roqueira, como explicita o título do disco produzido por Liminha, Erasmo (visto em foto de Gilda Midani) apresenta parcerias com Nando Reis (Um Beijo É um Tiro e Mar Vermelho), Nelson Motta (Chuva Ácida e Noturno Carioca), Chico Amaral (Noite Perfeita e A Guitarra É uma Mulher) e Liminha, parceiro do cantor e de Patrícia Travassos na música Celebridade.

7 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Cover é o primeiro single de Rock'n'Roll, o álbum de inéditas que Erasmo Carlos vai lançar entre maio e junho de 2009 pela gravadora Coqueiro Verde Records, dirigida pelo filho do artista, Leonardo Esteves. Cover é uma das cinco músicas do CD assinadas somente pelo Tremendão no repertório autoral que contabiliza 12 inéditas. Com pegada roqueira, como explicita o título do disco produzido por Liminha, Erasmo (visto em foto de Gilda Midani) apresenta parcerias com Nando Reis (Um Beijo É um Tiro e Mar Vermelho), Nelson Motta (Chuva Ácida e Noturno Carioca), Chico Amaral (Noite Perfeita e A Guitarra É uma Mulher) e Liminha, parceiro do cantor e de Patrícia Travassos na música Celebridade.

12 de maio de 2009 10:28  
Anonymous Anônimo said...

Das 12 nenhuma é com Roberto ?

12 de maio de 2009 13:34  
Anonymous Anônimo said...

bacana ver o tremendào de volta e com um disco de ineditas voltado para o rock!!Vida longa ao Rock n Roll!!

12 de maio de 2009 16:21  
Anonymous Anônimo said...

Dá-lhe Tremendão!! E aí é só o RC quem faz 50 anos de carreira? Eles não começaram juntos???

12 de maio de 2009 17:32  
Anonymous Anônimo said...

Que bom que não tem nenhuma com o atual Roberto. Não vale o risco. Dá-lhe vovô do rock!

13 de maio de 2009 21:01  
Anonymous Anônimo said...

E pensar que já foi o Vinicius de Roberto Carlos ou o Tom do mesmo Roberto. Ainda bem que pegou outra estrada. GRAÇAS!

13 de maio de 2009 21:37  
Anonymous Anônimo said...

Cai fora mesmo, Erasmo. Primeiro que seu antigo parceiro tá esquisito há muito tempo e segundo que ele sempre apagou seu talento.
"Antes só que mal acompanhado".

13 de maio de 2009 21:44  

Postar um comentário

<< Home