1 de maio de 2009

Beth festeja trabalhador e paz com a Mangueira

Na tarde desta sexta-feira, 1º de maio de 2009, Beth Carvalho comandou na Quinta da Boa Vista um dos shows organizados no Rio de Janeiro (RJ) para celebrar o Dia do Trabalho. Ao lado de convidados como Arlindo Cruz e Diogo Nogueira, a sambista (em foto de Mauro Ferreira) festejou o trabalhador - com a coerência de quem sempre defendeu a igualdade social na música e na vida - e também a paz com a escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira, com a qual havia rompido em 2007 por conta de desentendimentos com a antiga diretoria da agremiação. Antes de cantar Folhas Secas com o cavaquinho orgulhosamente herdado de Nelson Cavaquinho (1911 - 1986), autor do samba, a artista expressou sua felicidade por ter recebido esta semana um pedido público de desculpas do atual presidente da escola verde-e-rosa, Ivo Meirelles, em nome da agremiação, pela qual Beth vai voltar a desfilar no Carnaval de 2010. O enredo inclui um tributo à artista.

11 Comments:

Anonymous Gustavo said...

beth também teve sua parcela de culpa na briga, mas o que importa é que a paz foi selada para o bem de todos

2 de maio de 2009 12:40  
Anonymous Anônimo said...

Para o bem maior: da música e do samba.

2 de maio de 2009 19:47  
Anonymous Euterpe said...

A riquíssima Beth Carvalho defendendo a igualdade social. Tá...

3 de maio de 2009 00:17  
Anonymous Anônimo said...

Engraçado, a "riquíssima" Beth Carvalho fazendo politicamente (sempre foi Brizola, Lula, enfim a dita "esquerda populista") e socialmente (sempre vasculhou tudo quanto foi "buraco" para achar e lançar "afilhados") o que sempre fez. Qual a novidade ?
Ah, perdão, agradeço a informação sobre sua conta bancária. Não sabia, não. Só me interessava pela cantora mesmo.

3 de maio de 2009 14:10  
Anonymous Anônimo said...

ADOREI! SEM COMENTÁRIOS. DÁ-LHE ANÔNIMO!

3 de maio de 2009 14:41  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns ao Ivo Meireles, presidente da Mangueira, pela iniciativa de pedir desculpas formais à Beth pela humilhação e ingratidão que ela sofreu da antiga diretoria. E, de quebra, ela será homenageada no próximo enredo da escola. Ela merece!

4 de maio de 2009 10:06  
Anonymous Anônimo said...

Beth Carvalho pode ter ( e até concordo que tenha) sua importância para a música popular brasileira, em especial o samba. Mas verdade seja dita, a sua voz é fraquinha, fraquinha e há milênios ela não faz nada além do obvio...

4 de maio de 2009 14:22  
Anonymous Anônimo said...

Se o DVD da Bahia não é nada além do óbvio, não sei o que será.

4 de maio de 2009 14:56  
Anonymous Anônimo said...

Voz não é TUDO!

4 de maio de 2009 16:10  
Anonymous Anônimo said...

DEPOIS DO QUE BETH PASSOU NO DESFILE DA MANGUEIRA, NUNCA MAIS FALARIA O NOME DA ESCOLA. Ô FALTA DE AMOR PRÓPRIO !!!

4 de maio de 2009 16:57  
Anonymous Anônimo said...

Como diz o ditado: errar é humano, perdoar é pra DEUSAS.
Mais um ponto para Beth.

4 de maio de 2009 17:52  

Postar um comentário

<< Home