17 de abril de 2009

Edição de 50 anos de 'Kind of Blue' inclui DVD

Um dos discos fundamentais da história do jazz, gravado por Miles Davis (1926 - 1991) em duas sessões no Columbia 30th Street Studios, em Nova York (EUA), em 2 de março e em 22 de abril de 1959, Kind of Blue ganha via Sony Music reedição comemorativa de 50 anos. O maior atrativo da nova edição - que adiciona ao repertório original takes alternativos dos cinco temas que compõem o álbum (So What, Freddie Freeloader, Blue in Green, All Blues e Flamenco Sketches) e apresenta um segundo CD com outras gravações do sexteto liderado por Davis - é o DVD que exibe minidocumentário, Celebrating a Masterpiece, sobre este álbum que extrapolou o universo do jazz, além de um segundo filme sobre o trompetista, The Sound of Miles Davis. Em Kind of Blue, o trompete de Davis interage com o piano de Bill Evans (1929 - 1980) e o saxofone tenor de John Coltrane (1926 - 1967), entre outros instrumentos do mesmo alto quilate. Clássico!

4 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Um dos discos fundamentais da história do jazz, gravado por Miles Davis (1926 - 1991) em duas sessões no Columbia 30th Street Studios, em Nova York (EUA), em 2 de março e em 22 de abril de 1959, Kind of Blue ganha via Sony Music reedição comemorativa de 50 anos. O maior atrativo da nova edição - que adiciona ao repertório original takes alternativos dos cinco temas que compõem o álbum (So What, Freddie Freeloader, Blue in Green, All Blues e Flamenco Sketches) e apresenta um segundo CD com outras gravações do sexteto liderado por Davis - é o DVD que exibe minidocumentário, Celebrating a Masterpiece, sobre este álbum que extrapolou o universo do jazz, além de um segundo filme sobre o trompetista, The Sound of Miles Davis. Em Kind of Blue, o trompete de Davis interage com o piano de Bill Evans (1929 - 1980) e o saxofone tenor de John Coltrane (1926 - 1967), entre outros instrumentos do mesmo alto quilate. Clássico!

17 de abril de 2009 16:44  
Anonymous Anônimo said...

Engraçado, não gosto desses enxertos, gosto do disco como ele é.

PS: Blue in Green é divina.

Jose Henrique

17 de abril de 2009 17:58  
Blogger KMantovani said...

Recomendo a leitura de "Kind of Blue" de Ashley Kahn, que bastidor da gravação deste disco. Cheio de fotos e com prefácio de Jimmy Cobb. Editora Barracuda.

24 de abril de 2009 12:25  
Blogger F. Grijó said...

Wynton Kelly, em Freddie Freeloader, está a um passo da perfeição absoluta, algo alcançado apenas por Bud Powell.
O disco é o primus inter pares.

Dia desses um jornalista cujo nome esqueci afirmou que é o único disco em que Miles toca com Bill Evans.
Esqueceu-se do Jazz at the Plaza, certamente.

Abraço

24 de abril de 2009 23:42  

Postar um comentário

<< Home