9 de abril de 2009

Depeche reúne sombras, eletrônica e distorções

Resenha de CD
Título: Sounds
of the Universe
Artista: Depeche Mode
Gravadora: Mute
/ EMI Music
Cotação: * * *

Nas lojas a partir de 20 e 21 de abril, mas como de costume já todo vazado na internet, o 12º álbum do Depeche Mode soa mais eletrônico do que o anterior Playing the Angel (2005) - disco que reanimou o espírito dark do grupo - sem jogar a banda na pista da dance music como fez Exciter (2001). Como já sinalizara Wrong, o bom primeiro single do CD, Sounds of the Universe agrega sintetizadores, guitarras distorcidas e as (habituais) tonalidades sombrias que moldam a obra do Depeche Mode. É um disco competente e sedutor em alguns momentos (como Hole to Feed) sem se igualar aos clássicos do grupo. Entre balada melodiosa (Jezebel) e tema instrumental (Spacewalker, com ecos do som de Jean Michel Jarre), a banda divaga sobre a possibilidade da vida pós-morte em Little Soul e exala melancolia sobre bases sintetizadas em Fragile Tension. São os sons do universo particular do Depeche Mode. E isso já é muito.

1 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Nas lojas a partir de 20 e 21 de abril, mas como de costume já todo vazado na internet, o 12º álbum do Depeche Mode soa mais eletrônico do que o anterior Playing the Angel (2005) - disco que reanimou o espírito dark do grupo - sem jogar a banda na pista da dance music como fez Exciter (2001). Como já sinalizara Wrong, o bom primeiro single do CD, Sounds of the Universe agrega sintetizadores, guitarras distorcidas e as (habituais) tonalidades sombrias que moldam a obra do Depeche Mode. É um disco competente e sedutor em alguns momentos (como Hole to Feed) sem se igualar aos clássicos do grupo. Entre balada melodiosa (Jezebel) e tema instrumental (Spacewalker, com ecos do som de Jean Michel Jarre), a banda divaga sobre a possibilidade da vida pós-morte em Little Soul e exala melancolia sobre bases sintetizadas em Fragile Tension. São os sons do universo particular do Depeche Mode. E isso já é muito.

9 de abril de 2009 15:17  

Postar um comentário

<< Home