29 de março de 2009

Winehouse recorre a produtor de 'Back to Black'

Amy Winehouse teria recorrido ao produtor Mark Ronson - piloto de seu celebrado segundo álbum, Back to Black (2007) - para tentar solucionar o impasse com a gravadora Island Records, que teria rejeitado o repertório pré-produzido pela cantora para seu terceiro álbum por conta de suposta ênfase no reggae e pelo tom excessivamente sombrio das letras. Ronson, que se afastara de Winehose por causa do envolvimento da artista com as drogas, teria aceitado reformatar o material. Contudo, tais informações - veiculadas pelo populista jornal inglês The Sun - são extra-oficiais.

2 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Amy Winehouse teria recorrido ao produtor Mark Ronson - piloto de seu celebrado segundo álbum, Back to Black (2007) - para tentar solucionar o impasse com a gravadora Island Records, que teria rejeitado o repertório pré-produzido pela cantora para seu terceiro álbum por conta de suposta ênfase no reggae e pelo tom excessivamente sombrio das letras. Ronson, que se afastara de Winehose por causa do envolvimento da artista com as drogas, teria aceitado reformatar o material. Contudo, tais informações - veiculadas pelo populista jornal inglês The Sun - são extra-oficiais.

29 de março de 2009 10:04  
Anonymous Anônimo said...

Tenho raiva de quem tem asas e não sabe voar. Emy é uma criatura burra e lamentáve´l. Essa moça só tem, 25 anos e já está acabada! Cade a familia dela que não interna essa moça para uma desintoxicação!!!! O pai dela deveria deixar de querer aparecer qdo ela apronta e se espelhar no pai de Britney Spaers que tomo as redias da situação, depois que ele foi pra justiça e controlou o dinheiro dela ela caiu na real e agora voltou c/ tudo. É o que falta para Emy!!!

29 de março de 2009 20:44  

Postar um comentário

<< Home