22 de fevereiro de 2009

Show 'Elas Cantam Paulinho da Viola' vira disco

Atração do Sesc Pinheiros (SP) em julho de 2008, o show Elas Cantam Paulinho da Viola vai virar disco editado neste ano de 2009 pela gravadora Lua Music. As cantoras Alaíde Costa, Célia, Cida Moreira, Fabiana Cozza e Milena revivem o repertório do compositor em roteiro que inclui Sinal Fechado (em dueto de Alaíde com Cida), Ansiedade (com Célia), Tudo se Transformou (com Fabiana Cozza), Coração Leviano (também com Cozza), Não Quero Você Assim (com Cida), Nada de Novo (com Alaíde) e Coisas do Mundo, Minha Nega (também com Alaíde), entre outras músicas de Paulinho da Viola. Thiago Marques Luiz dirigiu o show.

7 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Atração do Sesc Pinheiros (SP) em julho de 2008, o show Elas Cantam Paulinho da Viola vai virar disco editado neste ano de 2009 pela gravadora Lua Music. As cantoras Alaíde Costa, Célia, Cida Moreira, Fabiana Cozza e Milena revivem o repertório do compositor em roteiro que inclui Sinal Fechado (em dueto de Alaíde com Cida), Ansiedade (com Célia), Tudo se Transformou (com Fabiana Cozza), Coração Leviano (também com Cozza), Não Quero Você Assim (com Cida), Nada de Novo (com Alaíde) e Coisas do Mundo, Minha Nega (também com Alaíde), entre outras músicas de Paulinho da Viola. Thiago Marques Luiz dirigiu o show

22 de fevereiro de 2009 12:37  
Anonymous OLIVEIRA said...

Paulinho é um "craque". Seu samba-MPB - se é que assim posso chamar -
sempre renderá dividendos como essa bela notícia, Mauro. O diferencial de seu samba é a preocupação com a melodia o que soa por muitas vezes camerístico.
Seu rio continua e continuará passando por nossas vidas e em seu curso continuarei me banhando.
Parabéns à Lua Music. O que seria da música sem estas heroínas gravadoras e/ou distribuidoras independentes. GOSTAR DE MÚSICA É ISSO: apostar no que é de valor musical e não econômico.
Do elenco, sem querer desmerecer as demais, bastava Alaíde Costa e Cida Moreira para valer a homenagem e o "investimento".
Que venham mais discos como este.

22 de fevereiro de 2009 12:42  
Blogger Ju Oliveira said...

vi esse show e o melhor momento foi Fabiana Cozza cantando Sei Lá Mangueira. muito bom mesmo!
obrigada pela notícia Mauro!

22 de fevereiro de 2009 18:30  
Anonymous Anônimo said...

Mauro,virou moda esses discos mistos com vários artistas.Nem sempre é bom.Parece coisa pra ganhar grana fácil.Grana fácil é sempre muito triste em um país tão rico em música.Não curto esse tipo de show com vários artistas.A gente é obrigado a ver quem a gente não gosta.Tô fora.

24 de fevereiro de 2009 09:37  
Anonymous OLIVEIRA said...

Anônimo das 9:37h, tens razão quanto a discos que misturam desde Ivete Sangalo a Ney Matogrosso passando por Gabriel, O Pensador, por exemplo. MAS NÃO É O CASO AQUI. Há, além de qualidade, um conjunto de intérpretes da nova e velha gerações que apresentam uma certa identidade, pelo menos no que diz respeito ao "currículo" das veteranas e no belo horizonte das iniciantes viajantes. NÃO DEVEMOS GENERALIZAR.
Sem contar que não estão gravando os velhos e eternos sucessos de sempre nem um compositor do "povão" - que a tudo permite. A música de Paulinho não é para qualquer um ou uma.
Teresa Cristina, a mais bela revelação de nosso samba atual e "militante" do renascimento da Lapa começou logo de cara com um CD duplo só de músicas de Paulinho, mostrou seu valor e chegou aonde chegou. "Quem não tem compentência não se estabelece".
Abraços e torçamos por um belo "CD-Tributo". Não sei se conheces, mas os "songbooks" do saudoso Almir Chediak estão aí para mostrar que não estou dizendo bobagem. É PROVA PERICIAL.

24 de fevereiro de 2009 14:53  
Anonymous Anônimo said...

O show foi maravilhoso ! Boa notícia !

24 de fevereiro de 2009 21:36  
Anonymous Anônimo said...

moda ou tradição ? O que vale é emoção. Tocar ao coração é o que importa. Tenho dito.

25 de fevereiro de 2009 19:09  

Postar um comentário

<< Home