5 de fevereiro de 2009

Nada Es Normal foca Victor & Leo em espanhol

A dupla que mais vende discos no rico segmento sertanejo no momento - Victor & Leo - já gravou um álbum em espanhol para o também rico mercado que cobre os países de língua hispânica. É este disco, Nada Es Normal, que a gravadora Sony BMG está lançando no Brasil neste início de 2009 por conta da popularidade do duo. A edição é dupla. Além do CD, que reúne músicas como Mariposas e Recuerdos de Amor, Nada Es Normal traz um DVD com três clipes da faixa-título e um curta-metragem de 35 minutos sobre Victor & Leo. Os irmãos dividem a produção com Aureo Baqueiro.

5 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

A dupla que mais vende discos no rico segmento sertanejo no momento - Victor & Leo - já gravou um álbum em espanhol para o também rico mercado que cobre os países de língua hispânica. É este disco, Nada Es Normal, que a gravadora Sony BMG está lançando no Brasil neste início de 2009 por conta da popularidade do duo. A edição é dupla. Além do CD, que reúne músicas como Mariposas e Recuerdos de Amor, Nada Es Normal traz um DVD com três clipes da faixa-título e um curta-metragem de 35 minutos sobre Victor & Leo. Os irmãos dividem a produção com Aureo Baqueiro.

5 de fevereiro de 2009 23:46  
Anonymous Anônimo said...

Mano Freire disse

Claro que eles vendem, a globo não quer? Faustão não é culpado? As rádios cafonas? Eis uma música cruel, chata e os caras se acham estrelas. Ninguém merece, pelo menos eu. Alguém já viu a chatisse que é a performance do que não toca o violão(nem sei o nome). É uma figura arrogante e só. E mais: cobram caro. Tinha um show marcado para dezembro em Salgueiro(PE), não houve porque queriam adiantado 80 mil. Só um contratante idiota pra bancar isso tudo antes. R$10 mil já era demais. Com essa música é a mesma coisa de arrancar dinheiro dos coitados como as igrejas evangélicas. Que a Espanha os leve, se é que os branqueçlos querem brasileito lá. Fuiii

6 de fevereiro de 2009 00:22  
Anonymous Anônimo said...

Mano, Viva a diversidade !!

e esse discurso ferrenho contra as duplas romanticas-sertanejas já deu o que tinha de dar ...

6 de fevereiro de 2009 08:21  
Anonymous Anônimo said...

Concordo com o anônimo, e mais, Nelson Motta escreveu em 96: " Daniela Mercury é o sol que veio tirar a MPB da sombra depressiva dos sertanejos, símbolos dos anos de lama ".

Daniela retrucou : " Eu não tenho esse olhar de Nelson. Não consigo ver a música sertaneja como uma ... não tenho essa relação com a música sertaneja, não me incomoda essa diferença, essa diversidade, embora não tenha com ela uma identidade "

6 de fevereiro de 2009 09:49  
Anonymous Anônimo said...

Mano Freire, assino embaixo.

7 de fevereiro de 2009 20:58  

Postar um comentário

<< Home