8 de fevereiro de 2009

Möeller & Botelho criam musical sobre Roberto

A programação que vai festejar os 50 anos de carreira de Roberto Carlos, a partir de abril de 2009, inclui um musical assinado por Charles Möeller e Claudio Botelho com base no cancioneiro do Rei. Responsável pela criação e direção de grandes sucessos do teatro musical brasileiro nos últimos anos, como Beatles num Céu de Diamantes e Sete - O Musical, a dupla já aceitou o convite para realizar o espetáculo. Por ora, o projeto está sendo mantido em sigilo, mas já há até data prevista para a estréia: março de 2010, no Rio de Janeiro (RJ). O musical não vai ter caráter biográfico, mas, sim, uma narrativa original inspirada nas músicas do cantor. O projeto, obviamente, tem o aval de Roberto.

4 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

A programação que vai festejar os 50 anos de carreira de Roberto Carlos, a partir de abril de 2009, inclui um musical assinado por Charles Möeller e Claudio Botelho com base no cancioneiro do Rei. Responsável pela criação e direção de grandes sucessos do teatro musical brasileiro nos últimos anos, como Beatles num Céu de Diamantes e Sete - O Musical, a dupla já aceitou o convite para realizar o espetáculo. Por ora, o projeto está sendo mantido em sigilo, mas já há até data prevista para a estréia: março de 2010, no Rio de Janeiro (RJ). O musical não vai ter caráter biográfico, mas, sim, uma narrativa original inspirada nas músicas do cantor. O projeto, obviamente, tem o aval de Roberto.

8 de fevereiro de 2009 15:45  
Anonymous Andre said...

Todas as homenagens são ínfimas diante da contribuição musical que o Roberto deu à música brasileira.

Uma legião de fãs que aprendeu a amar um repertório brindado com o amor do artista mais popular que esse país já teve!

Até aqueles que não gostam do Roberto expressam seu respeito porque 50 anos de carreira e sempre fazendo o bem às pessoas é uma raridade! Graças a Deus temos grandes artistas dos quais podemos nos orgulhar e Roberto é um deles!

Abraços!

8 de fevereiro de 2009 22:03  
Anonymous OLIVEIRA said...

Prezado André, meu respeito e admiração vai só até 1984. Depois de "Caminhoneiro" só o que sinto é decepção. Pena.

9 de fevereiro de 2009 17:45  
Anonymous André said...

Prezado Oliveira,

Respeito, mas não vejo porque se decepcionar, afinal de 59 a 84 são 25 anos de orgulho! Então você pode comemorar também ao menos 1/4 de século do rei que te fez feliz, ao invés de ficar aí remoendo decepções criadas sem necessidade!

Abraços!

10 de fevereiro de 2009 11:41  

Postar um comentário

<< Home