12 de fevereiro de 2009

Erros pontuam nova compilação de Clara Nunes

A bela ilustração de Axel Sande que adorna a capa de Guerreira é o único traço de originalidade em mais uma compilação de Clara Nunes (1942 - 1983) editada pela EMI Music. A atual é dupla e inclui 28 gravações da cantora selecionadas por Ricardo Moreira com ênfase nos sucessos já incluídos em coletâneas anteriores. Contudo, há três erros entre as poucas informações fornecidas pela compilação. A faixa Canto das Três Raças é de 1976, tendo dado título ao álbum lançado por Clara naquele ano, e não de 1979. Da mesma forma equivocada, o fonograma de Feira de Mangaio é atribuído a 1971 quando a parceria de Sivuca (1930 - 2006) com Glorinha Gadelha foi gravada por Clara em 1979 para o álbum Esperança. Por fim, a gravação de Peixe com Coco não foi lançada em 1978, mas em 1980 no disco Brasil Mestiço. Em contrapartida, a nova masterização é de bom nível. Eis (com as datas corretas) as 28 faixas da compilação Guerreira, de título homônimo do (belo) álbum lançado pela saudosa artista em 1978:

CD 1
1. Guerreira (1978)
2. Conto de Areia (1974)
3. Canto das Três Raças (1976)
4. Morena de Angola (1980)
5. Coisa da Antiga (1977)
6. A Deusa dos Orixás (1975)
7. Menino Deus (1974)
8. Tristeza Pé no Chão (1973)
9. Candongueiro (1978)
10. Samba da Volta (1974)
11. Sem Companhia (1980)
12. P.C.J. (Partido Clementina de Jesus) (1977)
13. Ê Baiana (1971)
14. Portela na Avenida (1981)

CD 2
1. O Mar Serenou (1975)
2. Na Linha do Mar (1979)
3. Nação (1982)
4. Meu Sapato Já Furou (1974)
5. As Forças da Natureza (1977)
6. Peixe com Coco (1980)
7. Lama (1976)
8. Pau de Arara (1974)
9. Coração Leviano (1977)
10. Alvorecer (1974)
11. Você Passa Eu Acho Graça (1968)
12. Feira de Mangaio (1979)
13. Juízo Final (1975)
14. Serrinha (1982)

13 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

A bela ilustração de Axel Sande que adorna a capa de Guerreira é o único traço de originalidade em mais uma compilação de Clara Nunes (1942 - 1983) editada pela EMI Music. A atual é dupla e inclui 28 gravações da cantora selecionadas por Ricardo Moreira com ênfase nos sucessos já incluídos em coletâneas anteriores. Contudo, há três erros entre as poucas informações fornecidas pela compilação. A faixa Canto das Três Raças é de 1976, tendo dado título ao álbum lançado por Clara naquele ano, e não de 1979. Da mesma forma equivocada, o fonograma de Feira de Mangaio é atribuído a 1971 quando a parceria de Sivuca (1930 - 2006) com Glorinha Gadelha foi gravada por Clara em 1979 para o álbum Esperança. Por fim, a gravação de Peixe com Coco não foi lançada em 1978, mas em 1980 no disco Brasil Mestiço. Em contrapartida, a nova masterização é de bom nível. Eis (com as datas corretas) as 28 faixas da compilação Guerreira, de título homônimo do (belo) álbum lançado pela saudosa artista em 1978:

CD 1
1. Guerreira (1978)
2. Conto de Areia (1974)
3. Canto das Três Raças (1976)
4. Morena de Angola (1980)
5. Coisa da Antiga (1977)
6. A Deusa dos Orixás (1975)
7. Menino Deus (1974)
8. Tristeza Pé no Chão (1973)
9. Candongueiro (1978)
10. Samba da Volta (1974)
11. Sem Companhia (1980)
12. P.C.J. (Partido Clementina de Jesus) (1977)
13. Ê Baiana (1971)
14. Portela na Avenida (1974)

CD 2
1. O Mar Serenou (1975)
2. Na Linha do Mar (1979)
3. Nação (1982)
4. Meu Sapato Já Furou (1974)
5. As Forças da Natureza (1977)
6. Peixe com Coco (1980)
7. Lama (1976)
8. Pau de Arara (1974)
9. Coração Leviano (1977)
10. Alvorecer (1974)
11. Você Passa Eu Acho Graça (1968)
12. Feira de Mangaio (1979)
13. Juízo Final (1975)
14. Serrinha (1982)

12 de fevereiro de 2009 15:19  
Anonymous Anônimo said...

podiam pelo menos fazer a coletânea na ordem cronológica.e cadê a prometida caixa???

12 de fevereiro de 2009 16:22  
Anonymous Anônimo said...

Portela na Avenida está com a data errada. É de 81 e nao de 74.

12 de fevereiro de 2009 16:55  
Anonymous OLIVEIRA said...

É justamente sobre a caixa que eu ia falar... comprei ano passado e ainda é possível achar - no "site" da CD Point por exemplo (inclusive com alguns CDs vendidos em separarado). Logo, esta coletânea aí: TÔ FORA!
Quem correr ainda acha a caixa - tem na Modern Sound também - ou contentem-se com mais uma coletânea. E coletânea, para variar: TÔ FORA!

12 de fevereiro de 2009 18:12  
Anonymous Anônimo said...

A caixa com todos os CDs está por aí. Coletânea desnecessária.

12 de fevereiro de 2009 18:39  
Anonymous carlinhos said...

Vindo da Odeon, nada mais me espanta!

12 de fevereiro de 2009 19:29  
Blogger Dido said...

Essa EMI ganha muito dinheiro através do canto da Guerreira.
Mauro, vc saberia informar quantas coletâneas já foram lançadas da Clara desde sua partida (1983)?

12 de fevereiro de 2009 19:32  
Anonymous Joao Ricardo said...

Ao invés dessas coletâneas repetitivas, deveriam é jogar em Dvd no mercado o belo show que ela fez para a tv japonesa.
Vejam uma amostra:

http://www.youtube.com/watch?v=zMWtwcpYcV0&feature=channel_page

12 de fevereiro de 2009 19:36  
Anonymous Anônimo said...

na submarino e na fnac tem a caixa,mas dizem q contêm erros,será q eh verdade?

12 de fevereiro de 2009 20:48  
Anonymous Anônimo said...

MAIS UM TENEBROSO CAÇA-NÍQUEL!!!
COITADA DA GUERREIRA, NEM PODE RECLAMAR!!!!!!

13 de fevereiro de 2009 09:54  
Anonymous Anônimo said...

Mauro, não tenho um comentario, mas queria passar uma informação que acabei de ver no site da Salle Pleyel de Paris, onde Maria Bethania se irà se apresentar no dia 24 de fevereiro.Me parece; pelo menos é o que consta no site da Salle Pleyel que o show de Bethania serà transmitido ao vivo pela internet!
Pra quem tiver vontade .o endereço deles é www.sallepleyel.fr
Tudo de bom
Beto

13 de fevereiro de 2009 14:04  
Anonymous Anônimo said...

A capa é belíssima, pena os erros.

14 de fevereiro de 2009 00:15  
Anonymous Neide Pessoa said...

Mauro,
seu comentário foi postado
em nosso Blog Clara Voz de Ouro.
Gostamos e estamos divulgando para os amigos,obrigada.

Pois é...
Quando é que buscarão pessoas
realmente informadas sobre Clara Nunes e sua obra musical?
Tanto engano assim, pega mal.
Parece que o objetivo único é
vender, vender e...vender!
Onde fica nossa cultura
e o respeito a grande intérprete?
Pena,mesmo a EMI tratar tão mal quem tanto gostava de sua gravadora,
é só escutar entrevista de Clara,
sempre se referindo de forma elegante e carinhosa,
como dizia
"minha gravadora"...
Neide Pessoa
neide_pessoa@terra.com.br

15 de fevereiro de 2009 11:37  

Postar um comentário

<< Home