7 de dezembro de 2008

Viagem de Dido em 'Safe Trip Home' é reflexiva

Resenha de CD
Título: Safe Trip Home
Artista: Dido
Gravadora: Sony BMG
Cotação: * * * 1/2

Safe Trip Home é o primeiro trabalho de estúdio de Dido desde 2003. Já faz cinco anos que Life for Rent confirmou o potencial pop dessa cantora inglesa que tem construído espaçada carreira fonográfica. Safe Trip Home é somente o terceiro título de discografia iniciada em 1999 com No Angel. É um álbum diferente, pautado por maior maturidade. Dido propõe uma viagem mais serena e reflexiva por temas de atmosfera emocional mais densa. Efeito da morte em 2006 do pai da artista, a quem ela dedica este álbum de som mais orgânico que não dispensa o uso da eletrônica. Vale destacar no repertório autoral Nothern Skies - faixa longa que fecha o disco em clima épico - e Grafton Street, tema de influência celta que traz Brian Eno na co-autoria. Outro ponto alto é a balada Look no Further, de delicada textura sonora e de envolvente melodia. A produção de Jon Brion, responsável pela maioria das onze faixas, embala com elegância minimalista esse fino cancioneiro emotivo.

2 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Safe Trip Home é o primeiro trabalho de estúdio de Dido desde 2003. Já faz cinco anos que Life for Rent confirmou o potencial pop dessa cantora inglesa que tem construído espaçada carreira fonográfica. Safe Trip Home é somente o terceiro título de discografia iniciada em 1999 com No Angel. É um álbum diferente, pautado por maior maturidade. Dido propõe uma viagem mais serena e reflexiva por temas de atmosfera emocional mais densa. Efeito da morte em 2006 do pai da artista, a quem ela dedica este álbum de som mais orgânico que não dispensa o uso da eletrônica. Vale destacar no repertório autoral Nothern Skies - faixa longa que fecha o disco em clima épico - e Grafton Street, tema de influência celta que traz Brian Eno na co-autoria. Outro ponto alto é a balada Look no Further, de delicada textura sonora e de envolvente melodia. A produção de Jon Brion, responsável pela maioria das onze faixas, embala com elegância minimalista esse fino cancioneiro emotivo.

7 de dezembro de 2008 11:45  
Blogger Viny Priestly said...

Muito perfeita *---*

Minha diva de volta!

30 de dezembro de 2008 21:09  

Postar um comentário

<< Home