9 de dezembro de 2008

APCA elege Zé Renato, Wanderléa, Vitor e Nina

Por conta de seu irretocável CD É Tempo de Amar, dedicado ao cancioneiro da Jovem Guarda, Zé Renato foi eleito o melhor cantor do ano na avaliação dos três jurados do segmento de Música Popular do tradicional prêmio conferido pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) aos que se destacaram nas Artes em 2008. Wanderléa foi a intérprete do Disco do Ano, Nova Estação, por coincidência também recém-lançado como o álbum de Zé Renato. Já a cantora de 2008 foi Nina Becker. Os jurados Airton Mugnaini Jr., Miriam Ramos e José Norberto Flesch também elegeram os melhores Grupo (Choro das 3), Show (Palavra Cantada) e Revelação (o pianista Vitor Araújo). A cerimônia de premiação vai acontecer no primeiro semestre de 2009, em São Paulo (SP), em local ainda não escolhido pela APCA.

16 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Por conta de seu irretocável CD É Tempo de Amar, dedicado ao cancioneiro da Jovem Guarda, Zé Renato foi eleito o melhor cantor do ano na avaliação dos três jurados do segmento de Música Popular do tradicional prêmio conferido pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) aos que se destacaram nas Artes em 2008. Wanderléa foi a intérprete do Disco do Ano, Nova Estação, por coincidência também recém-lançado como o álbum de Zé Renato. Já a cantora de 2008 foi Nina Becker. Os jurados Airton Mugnaini Jr., Miriam Ramos e José Norberto Flesch também elegeram os melhores Grupo (Choro das 3), Show (Palavra Cantada) e Revelação (o pianista Vítor Araújo). A cerimônia de premiação vai acontecer no primeiro semestre de 2009, em São Paulo (SP), em local ainda não escolhido pela APCA.

9 de dezembro de 2008 23:56  
Anonymous Anônimo said...

Wanderléa e Zé Renato foram premiados merecidamente. Dois grandes discos de 2008 ! Presente de natal, gente !

10 de dezembro de 2008 00:02  
Blogger Seadi said...

Mauro, parabéns pelo Blog!!Muito boa a idéia de falar sobre "a arte mais emocional". Pra mim então, como músico, é fundamental. valeu, um abraço, se quiser conhecer um pouco é www.myspace.com/seadi

10 de dezembro de 2008 00:23  
Anonymous Anônimo said...

O Primeiro reconhecimento de muitos que seguirão por esse Cd do Zé Renato. O Melhor cantor do ano, num dos melhores Cds do ano. Parabéns à APCA, sempre antenada com seus escolhidos.

10 de dezembro de 2008 00:41  
Anonymous Anônimo said...

Pô, sempre considerei essa premiação. Masssss, só três jurados?!?
É muito pouco!
Perdeu moral comigo.

PS: Grande Anderson, um abração!

Jose Henrique

10 de dezembro de 2008 00:55  
Anonymous Anônimo said...

Wanderléa e Zé merecem !

10 de dezembro de 2008 08:53  
Anonymous Anônimo said...

Uma das premiações mais justas e significativas que observei nos últimos tempos.

10 de dezembro de 2008 09:18  
Blogger PedroPeter said...

Curioso... Nos 50 anos de Bossa Nova quem ganhou mesmo foi a Jovem Guarda.

10 de dezembro de 2008 13:27  
Anonymous Anônimo said...

Finalmente a crítica reconhece e consagra o talento muito especial e a voz personalíssima de Nina Becker. O dueto dela com o Zé Renato no disco "É Tempo de Amar" é a melhor faixa do cd.

Mauro, para quando é o disco solo dela?

11 de dezembro de 2008 01:04  
Anonymous Anônimo said...

rosemberg

mauro, finalmente saiu o dvd com o s clipes que clara nunes gravou para o fantástico.
como, a sua coluna ainda não postou a critica, sobre esse trabalho, eu, humildemente e sem o seu talento, vou me antecipar à vc.
fiquei decepcionado.
acho que clara merecia um trabalho à sua altura.
só exibiram clipes,nenhum extra, nenhuma entrevista, eu não posso acreditar que não existam arquivos de clara que podessem enriquecer esse trabalho.
a meu ver, a importância de clara não estava só no fato de ela ser um grande cantora de personalidade propria e forte. clara foi uma grande divulgadora da religião afro, eu mesmo que fui criado na igreja católica, passei a rever os meus (pre) conceitos a respeito da religião afro, através da musica de clara nunes.
me desculpe o desabafo, mais diante de tanta m. que somos obrigado a ver e ouvir diariamente, uma artista com a grandeza de clara nunes merecia mais cuidado e reverência.
quando clara morreu, eu tinha 11 anos, portanto, eu praticamente só fui admirá-la e me afrofundar na sua obra, após a sua morte.
que pena.

memoria_pele@hotmail.com

11 de dezembro de 2008 08:35  
Anonymous Anônimo said...

rosemberg

muito bom esse premiação, a apca, quase sempre surpreende na suas indicações, ela procura fugir do óbvio
zé renato tem uma voz linda e sobrevive dignamente de sua arte longe da grande mídia, nos últimos anos tem apresentado trabalhos de grande qualidade. por tudo isso, apesar de ainda não ter ouvido o cd, acho um premio mais que merecido.
vanderleia é mara em todos os sentidos, e merece esse reconhecimento por todos esses anos de carreira. parabens.

memoria_pele@hotmail.com

11 de dezembro de 2008 08:53  
Blogger Flávia C. said...

É verdade, Zé, também fiquei surpresa com o número de jurados. Muito pouco mesmo!

11 de dezembro de 2008 10:33  
Anonymous Anônimo said...

Em se tratando de uma premiação justa, o número de jurados não tem a menor importância.

11 de dezembro de 2008 10:53  
Anonymous Anônimo said...

Opa, Wandeca tá falada ! Seu Zé Renato também.

11 de dezembro de 2008 14:52  
Anonymous Anônimo said...

É óbvio ululante que num caso de premiação cultural o número de votantes é importante.
Uns 10 seria um bom número.
Bola fora para APCA.

PS: Um abraço, Flávia.

Jose Henrique

11 de dezembro de 2008 15:22  
Anonymous Anônimo said...

Salve Wanderléa...ela mereceu!Mas só três jurados ???

18 de janeiro de 2009 13:21  

Postar um comentário

<< Home