29 de novembro de 2008

Sosa canta com Márcia Castro em show no Rio

Ao cantar com Márcia Castro, Mercedes Sosa surpreendeu o público que foi assistir ao show feito pela artista argentina na casa Vivo Rio (RJ) na noite de sexta-feira, 28 de novembro de 2008. Quase no fim do show, Sosa convidou a cantora baiana - em ascensão no mercado por conta da ótima receptividade obtida por seu primeiro CD, Pecadinho (2007) - para entrar em cena e fazer dueto em Insensatez (Tom Jobim e Vinicius de Moraes, 1961). Na seqüência, Castro interpretou sozinha A Palo Seco - a música cortante que em 1974 deu título ao primeiro álbum de Belchior - e deixou boa impressão em público que certamente não a conhecia.

8 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Ao cantar com Márcia Castro, Mercedes Sosa surpreendeu o público que foi assistir ao show feito pela artista argentina na casa Vivo Rio (RJ) na noite de sexta-feira, 28 de novembro de 2008. Quase no fim do show, Sosa convidou a cantora baiana - em ascensão no mercado por conta da ótima receptividade obtida por seu primeiro CD, Pecadinho (2007) - para entrar em cena e fazer dueto em Insensatez (Tom Jobim e Vinicius de Moraes). Na seqüência, Castro interpretou sozinha A Palo Seco - a música cortante que em 1974 deu título ao primeiro álbum de Belchior - e deixou boa impressão em público que certamente não a conhecia.

29 de novembro de 2008 11:53  
Anonymous Anônimo said...

Com todo respeito a Mercedes, não acho que seja uma boa associação para a Márcia.
Tudo bem que ela ganhou visibilidade, mas é um público que não tem nada a ver com ela.
Márcia, essa não é hora de andar de mercedes. É hora de pegar um busão bem cheio, para vc encontrar sua turma.

PS: A mercedes tá a cara do "mestre dos magos" e a Márcia tá como quem tá pensando na charadinha, muito boa essa foto! :>)

Jose Henrique

29 de novembro de 2008 16:13  
Anonymous Anônimo said...

Tb concordo... Márcia é maravilhosa, mas nada tem a ver com Sosa.

30 de novembro de 2008 10:41  
Anonymous Anônimo said...

Poucos deveriam perder seu tempo. Mercedes ofusca qualquer um.
Deixe a tarefa para os Mestres como Milton Nascimento que já mostrou que "aguenta o tranco" e ainda "chama para a briga" em duetos que realmente valem.
"Volver a los 17" já provou!
Aliás, quem é Márcia Castro ? E por que a honra ?
Ainda há muitos talentos antigos neste país que ainda não foram reconhecidos que deveriam ter prioridade.

30 de novembro de 2008 12:29  
Anonymous Anônimo said...

Tem gente fica olhando pra trás e se esquece de olhar pra frente.
Cuidado com o poste, meu chapa.
Márcia Castro é...
Bem, nem vale a pena, ela não é da sua turma.

Jose Henrique

30 de novembro de 2008 16:30  
Anonymous Anônimo said...

Amém! Senhor José.
Aliás, Márcia... quem ?

30 de novembro de 2008 20:26  
Anonymous Anônimo said...

O FATO foi que a Mercedes QUIS Márcia Castro no show dela. Graças a Deus que os grandes artistas não são medíocres como seu público e procuram olhar o que está ao seu redor.

1 de dezembro de 2008 19:32  
Anonymous Anônimo said...

Emanuel Andrade disse..

Acho que a Márcia Castro que nem ouvi e nem conheço deve ter talento e dos muitos. Pra uma pessoa escolher A Palo Seco, a genial canção do Belchior, tem que ser dos bons. Acho isso besteira porque é Mercedes Sosa. Taí a completa discriminação e fuleragem que somos nós. Maria Rita não já cantou ao lado dela? Só a filha de Elis pode? Só no Brasil essas frescuras. Agora se fossse Marisa Monte, Calcanhoto, Ana Carolina ( e ainda bem que não foram essas tres chatas) todo mundo dizia que era o máximo. E eu morria de tédio. Salve vc Márcia, entre, se tem talento a porta esta aberta. Onde acho seu CD?

3 de dezembro de 2008 10:38  

Postar um comentário

<< Home