3 de setembro de 2007

A boa bossa de Luciana Souza já não soa nova...

Resenha de CD
Título: The New Bossa
Artista: Luciana Souza
Gravadora: Universal Music
Cotação: * * *

A nova bossa anunciada já no título do sétimo CD de Luciana Souza - ótima cantora paulista radicada nos Estados Unidos - não é exatamente nova. Para quem conhece álbuns magistrais de Luciana, como o recente Duos II (2006), The New Bossa é, de certa forma, decepcionante. Mesmo sendo um bom disco. A idéia de trazer músicas de compositores como Sting (When We Dance) e Leonard Cohen (Here It Is, parceria com Sharon Robinson) para o universo da velha bossa não é original e dá até ao disco um caráter previsível que todos os trabalhos anteriores da artista não tinham. Mesmo porque a música de alguns dos autores, como a canadense Joni Mitchell (Down to You), já nasce em atmosfera de intimismo confessional que pouco se altera no transporte para a bossa. O que torna o álbum de fato interessante é o alto padrão de qualidade da produção de Larry Klein (marido da artista) e, sim, o refinamento do canto cool de Luciana Souza, que consegue prender a atenção do ouvinte num dueto com James Taylor (em Never Die Young), num cover de Michael McDonald (I Can Let Go Now) e num belo registro da já batida Waters of March, de Antonio Carlos Jobim, um dos pilares dessa bossa que já não consegue ser renovada com facilidade. Pela voz de Luciana Souza, vale ouvir The New Bossa.

15 Comments:

Anonymous Fabrício said...

só ouvi um cd da luciana, norte e sul, e sua voz me arrebatou

4 de setembro de 2007 07:23  
Anonymous Anônimo said...

Mauro e suas sub-cantoras!

4 de setembro de 2007 08:26  
Anonymous Pedro.Peter.Drão said...

Ouvi o Cd ontem... Lindo, a voz de Luciana simplesmente flui de um jeito bom nas canções. Me surpreendeu muito e eu até concordo com a crítica do Mauro que essa bossa não é mais tão nova. Mas mesmo assim, a voz e o repertório saem ganhando.
Agora, dizer que Luciana é uma sub-cantora é falta de informação, de ouvido, falta do que comentar... Cada comentário vazio! Não é que porque é a Luciana, mas esse tipo de opinião não tem fundamento nenhum. É típico de quem não ouviu o assunto em questão, não sabe do que se trata e quer opinar. A lei do "achismo".
Cadê os argumentos, para ao menos tentar começar uma discussão convreta?

4 de setembro de 2007 09:54  
Anonymous Denilson said...

Luciana talvez seja a melhor cantora do Brasil no momento, como já comentei aqui anteriormente. Seja pela afinação perfeita, pela dicção extraordinária, pela musicalidade, pela extensão de voz, pelo repertório, etc...

Pena que seu trabalho é tão pouco divulgado no Brasil, assim como o de vários outros cantores que vivem por aqui mesmo.

Com a honrosa exceção do Mauro Ferreira, que sempre faz questão de divulgar para nós grande parte da variada produção artística brasileira.

Porém, os que estão acostumados com as porcarias que assolam as rádios e tvs brasileiras vão sempre dizer que Luciana Souza, Clara Sandroni, Marianna Leporace e outras maravilhosas são (sic) "sub-cantoras".

abração,
Denilson

4 de setembro de 2007 10:29  
Anonymous Anônimo said...

Comprei o cd e corri pra devolver na loja!!!! É um sonífero sem fim!! Um dos cds mais chatos e aborrecidos que já ouvi nos últimos tempos.

4 de setembro de 2007 15:04  
Anonymous Anônimo said...

concordo com o anonimo de3:04, é um sonífreo! Mas nao tive coragem de devolver na loja porque ja estava aberto, mas fiquei louco de vontade de devolver!!!
E olha que eu adoro a Luciana! Mas esse CD é muito chato, o marido dela quer transforma-la em Madeleine Peirox...cruz credo

4 de setembro de 2007 18:44  
Anonymous Anônimo said...

Mauro,

O CD é fraco mesmo. Fiquei super decepcionado com o trabalho.

Espero que ela retorne o caminho brilhante que vinha seguindo.

abraços,

Sarapatel

5 de setembro de 2007 00:47  
Anonymous Pedro.Peter.Drão said...

Também não vou mentir... Gostei das bossas, mas senti falta de algo tipo "No wonder"...
Mas na falta de um "Baião Medley" ou de "Se é tarde me perdoa" tem "Here it is" que é genial.
Faltou uma agitação pra não ficar "sonífero"...

5 de setembro de 2007 01:27  
Anonymous Moisés said...

A Madeleine é maravilhosa.

5 de setembro de 2007 01:51  
Anonymous Diogo Santos said...

Se a boa bossa de Luciana Souza não soa tão nova assim, não sei pois ainda não ouvi esse cd.
Mas pretendo !

Luciana é hoje uma das maiores cantores de jazz do mundo e a julgar pelos seus albuns anteriores acredito que o "ar " que se respira é o mesmo . A voz dela é única e os arranjos caprichados!


OBS : Biscoito Fino ficou a ver navios dessa vez nào ?!

caxias.diogo@bol.com.br

5 de setembro de 2007 02:15  
Anonymous Anônimo said...

Vcs ficam comprando cd sem ouvir antes?
Sem nem saber se presta?
Vou dá meu endereço pra jogarem dinheiro fora aqui no meu quintal. ehehehee

5 de setembro de 2007 03:21  
Anonymous VAL said...

SOU UM APAIXONADO PELA MÚSICA BRASILEIRA, MAS NUNCA CONSEGUI ENTENDER TANTOS ELOGIOS DA IMPRENSA AMERICANA AO TRABALHO DA LUCIANA SOUZA.
NA MINHA OPINIÃO, É APENAS UMA CANTORA DE VOZ AGRADÁVEL, MAS FALTA ALGO...
ADORO BOSSA NOVA, MAS ESTE CD "THE NEW BOSSA" É DECEPICIONANTE.
O REPERTÓRIO É CHATO, OS ARRANJOS POUCO CRIATIVOS E A LUCINA CANTA TUDO DE NENHUMA PAIXÃO.
O BRASIL TEM EXCELENTES CANTORAS QUE FAZEM SUCESSO FORA DO PAÍS, COMO POR EXEMPLO, A EXTRAORDINÁRIA ITHAMARA KOORAX - OUÇAM O SEU MAIS RECENTE CD "BRAZILIAN BUTTERFLY", OU A LISA ONO, QUE PROVA QUE UMA GRANDE CANTORA NÃO SE FAZ APENAS COM UMA GRANDE VOZ.
A LISA É UMA CANTORA DE VOZ PEQUENA, QUE EVOCA NARA LEÃO, E TEM UMA DISCOGRAFIA IMPECÁVEL. QUEM CONSEGUIR OS SEUS CDS QUE NUNCA FORAM LANÇADOS NO BRASIL TERÁ UMA SURPRESA, PELA QUANTIDADE E PELA QUALIDADE, PELA PESQUISA DE REPERTÓRIO, PELOS ARRANJOS E PELA INTERPRETAÇÃO.
ALIÁS ACHO QUE A LUCINA SOUZA PRECISA OUVIR E PRESTAR ATENÇÃO NOS ARRANJOS DOS DISCOS DE BOSSA NOVA DA LISA.

5 de setembro de 2007 11:20  
Anonymous Pedro.Peter.Drão said...

oS CDS da Lisa Ono foram lançados no Brasil sim. Eu tenho 3 deles.
E Madeleine Peyroux é muito boa mesmo.

5 de setembro de 2007 17:14  
Anonymous Anônimo said...

Quando falam que Luciana canta jazz eu me arrepio. Imagino o q não sentiria Ella Fitzgerald?
essa garota é mais uma cantora da velha e surrada bossa nova (que já não é mais tão nova). Agradeço todos os dia Leila Pinheiro ter saido dessa e ter se tornado uma cantora de verdade.
Nada contra o estilo, mas na década de 90 todo samba virava bossa...e acabaram superexpondo o estilo que cansou...
Um cd todo de bossa hj realmente dá sono.

5 de setembro de 2007 20:03  
Anonymous VAL said...

Respondendo ao Pedro.Peter.Dão,
alguns cds da Lisa Ono realmente foram lançados no Brasil, mas a maior parte de sua discografia permanece inédita no Brasil.
Albuns fundamentais como Catupiry, Menina, Bossa Carioca, e tantos outros nunca foram lançados por aqui.Possuo todos eles e sempre acho um espanto um trabalho de tanta qualidade ser praticamente ignorado no Brasil.
Dê uma olhada no endereço seguinte, com informação completa dos albuns mais antigos.

http://www.lisaono.homestead.com/

11 de setembro de 2007 19:35  

Postar um comentário

<< Home