7 de agosto de 2007

Quito tenta unificar batidas cariocas e baianas

Título: Uma Coisa Só
Artista: Quito Ribeiro
Gravadora: Independente
Cotação: * * *

Compositor de Salvador (BA), radicado no Rio de Janeiro há mais de dez anos e já gravado por intérpretes como Daniela Mercury, Ivete Sangalo e até Jussara Silveira, Quito Ribeiro tenta unificar em seu primeiro disco os sons baianos e cariocas. A ponte Rio-Bahia é erguida com produção de Chico Neves e Pedro Sá. Do lado carioca, há as sonoridades do trio + 2 (Moreno Veloso, Kassin e Domenico Lancelotti) e de outros músicos dessa jovem e antenada turma carioca, representantes da modernidade. Do lado baiano, há a batida do samba-reggae (ouvida em faixas como Nêga e Santinha) e a pulsação rítmica da terra, perceptível em músicas contagiantes como Warm e Bembé. A mistura resulta harmoniosa, ainda que Uma Coisa Só escorregue - vez por outra - para o lado baiano (o que não é nenhum demérito...). Urdido com as células rítmicas do reggae e do samba, o repertório exibe um bom nível, destacando Artificial. Enfim, uma interessante estréia fonográfica que joga merecida luz sobre a produção autoral do baiano-carioca Quito Ribeiro - já há cinco anos na estrada sem a devida projeção.

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Se salvou hein Mauro... por um momento pensei q vc ia falar mal da comunidade bahiana... rsrsrsrsrs

Bruno.

7 de agosto de 2007 14:43  
Anonymous Vanessa said...

Esse cara é arretado!

10 de agosto de 2007 10:00  

Postar um comentário

<< Home