25 de maio de 2007

Nana deverá revisar carreira em projeto ao vivo

Já encerrada a série de álbuns com regravações do cancioneiro de seu pai, Dorival Caymmi, Nana Caymmi (foto) deverá gravar nos próximos anos um projeto retrospectivo ao vivo. O CD e o DVD (o primeiro solo da cantora) vão ser produzidos por José Milton. A intenção é dar uma geral na carreira de Nana. Ela vai regravar até Saveiros, a música com que levou histórica vaia ao vencer a final do Festival Internacional da Canção (FIC) de 1966. Belo projeto!!

64 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Então bora... tem que ter: Ponta de areia, Nem uma lágrima, Só louco, Clube da esquina nº2, Por toda minha vida, Isso e aquilo, Fruta boa, Estrela da terra (com o Boca Livre!), Mudança dos ventos e Resposta ao tempo.

25 de maio de 2007 01:12  
Anonymous Anônimo said...

Como o Bugalú é criativo...depois de ficar regravando Dorival, agora vem revisão de carreira.
Pura preguiça.

25 de maio de 2007 09:16  
Anonymous Anônimo said...

ai que preguiça! Ser cantora cansa!

25 de maio de 2007 09:39  
Anonymous Anônimo said...

Criativa!!!!! Desperdício de talento. A Nana e a Gal deviam ir pro retiro dos artistas, passariam a tarde toda conversando, lembrando do Tom, do Caymmi, do sonho de ser Diva, do Tom e do Caymmi mais um pouquinho...Ainda temos Bethânia, viva ela que mantém a MPB, além das cantoras novas é claro....

25 de maio de 2007 10:04  
Anonymous Anônimo said...

Ai, ai, ai, meu Deus, o que foi que aconteceu com a música popular brasileira???????

25 de maio de 2007 11:28  
Anonymous Anônimo said...

Ir para o retiro e ficar cantando Tarde em Itapoã.

25 de maio de 2007 11:47  
Anonymous Anônimo said...

Tenho minhas dúvidas a respeito de encerrada a série de álbuns com regravações de Caymmi. Ela andou falando em um álbum com regravações de canções folclóricas do Buda Nagô. Esses fantasmas não costumam sumir de vez não. Volta e meia voltam a assombrar. De qualquer forma, revisão de carreira depois de tantas regravações soa excessivo. Nana parece que está repetindo Gal pós-Gerald Thomas. Cá entre nós, depois daquele trauma ela nunca mais se recuperou inteiramente. Gal deveria ter levado aquela história para a análise. Exorcizar aquele demônio das sombras e fumaças de vez. Eles não gostam de nada que tenha vida, colorido, vibração e se empenham em destruir e cobrir tudo com suas sombras, seus escuros. Xô cotô, beroló!

25 de maio de 2007 11:51  
Anonymous Anônimo said...

Zzizi também já anunciou revisão de carreira, depois do cd de árias. Que tal? :)

25 de maio de 2007 12:11  
Anonymous Anônimo said...

Melhor notícia do ano!Acho que uma revisão na carreira seria muito bom para Nana,um exercício para vislumbrar a riqueza profunda de sua arte única e retomar o entusiasmo meio perdido.Ainda mais se ela voltar aos palcos...Um show da Nana Caymmi é algo fantástico.Nenhuma outra nesse país consegue como ela,apenas com sua voz e sua música,sem precisar de cenários e adereços,magnetizar uma platéia de forma tão explendorosa e intensa.E ainda ao fim de cada interpretação impressionante,arrebatadora e primorosa esboçar um sorriso charmoso,supremo e encantador.Nana é magia pura,dá gosto e felicidade assistí-la e ouví-la.
P.S.Inéditas?Caetano,Chico e etceteras mil,que tal comporem para ela?Acho é que os compositores é que tem que chegar mais.Não é possível que na altura do campeonato uma Nana Caymmi tem que voltar a correr atrás de música nova,pelamordedeus!

25 de maio de 2007 12:45  
Anonymous Anônimo said...

Não me surpreende essa notícia. Ficaria surpreso se o Mauro publicasse aqui q Nana iria gravar um cd de ineditas com musicas de Lenine e Zeca Baleiro ou Gal se junta a Chico Pinheiro e ao grupo BossaCucaNova pra fazer um cd de ineditas...
Daqui a pouco teremos Gal gravando Ary Barroso acústico...
Pena...

25 de maio de 2007 13:18  
Anonymous Anônimo said...

Nana Caymmi e muitas outras cantoras-intérpretes são constantemente crucificadas neste blog, mas creio que, nesse caso específico, o problema está mesmo nos compsitores (com uma boa parcela para a "preguiça" de nossas cantoras: é anônimo 12:45 elas tem mesmo de correr atrás de música nova, afinal são profissionais antes de serem divas). Mas vejam como as coisas não são fáceis, por um lado: há alguns anos, Simone preparava um projeto de inéditas e pedia inéditas em pleno Domingão do Faustão; e tempos depois disse que não conseguiu montar um CD com o material que recebeu... Acabou lançando mais tarde o Zé da Riba (com pelo menos uma boa canção, "www.sem", em "Seda Pura"). Maria Bethânia lançou um ou dois novos em "Diamante Verdadeiro" e "A força que nunca seca", mas embarca mesmo é em quase consagrados, como Chico César, Vanessa da Mata, Adriana Calacanhotto, Lenine e Ana Carolina (quer dizer, foi gravá-los quando estes já tinham razoável projeção). E a Gal Costa, para ficar somente nesses três exemplos, fez "Hoje" com maioria de inéditas, mas abaixo da média. Não é fácil a vida dos medalhões! Por outro lado, gente nova acaba aparecendo é com novas cantoras-intérpretes, como Maria Rita e Roberta Sá, entre outras. Anônimo 11:28 acho que foi isso que aconteceu com a tal MPB...

25 de maio de 2007 14:28  
Anonymous Anônimo said...

Acho que o anônimo das 12:45 está certo.Não devemos esquecer que Bethânia por ex.,já fez uma infinidade discos ao vivo,projetos conceituais vários,tributos a Noel,Vinícius,Roberto e etcs.Se esta podendo fazer as maravilhas e o ineditismo que faz hoje,com certeza esta bancando praticamente sozinha,além de ser maravilhosa.No caso da Nana,para ela bancar,se atrever a fazer o mesmo,teria que estar morando fora,como seus grandes parceiros como Dori Caymmi e César Mariano.Infelizmente,a política cultural do país esta a anos detonada e quem pôde fazer o pé de meia no passado,pode se dar ao luxo da Bethânia.Graças a Deus,além de talentosa,Bethânia dá exemplo de sabedoria e desprendimento,investindo seus lucros passados no melhor nossa cultura tão massacrada.Podem crer também que Nana esta fazendo o que pode e ainda zelando,cuidando de um patrimônio que também é de todos nós.

25 de maio de 2007 15:19  
Anonymous Anônimo said...

não foi a melhor escolha de Nana, mas respeito. Ela é bem honesta e coesa com aquilo que faz, pensa, canta...

Não sabia que Zizi quer revisitar a carreira: bom, ela não lança disco com inéditas desde 96 [eu acho] ... não mudaria muito rumo que sua carreira tem levado depois do primeiro álbum em italiano.

25 de maio de 2007 15:50  
Anonymous Anônimo said...

'Por um Segundo' (Gonzaga Jr).

25 de maio de 2007 15:52  
Anonymous Anônimo said...

'Brisa do Mar' e 'Ahiê' (João Donato).

25 de maio de 2007 15:54  
Anonymous Anônimo said...

É isso aí Mauro,graças ao seu blog,concordando com o 2:28 integralmente,que é esse o xis-da-questão:os compositores.E se a Nana tem gravado muito o pai é porque certamente é ele o artista que deve estar mais próximo dela atualmente.Nana é típica cantora de sentimentos e sensibilidade á flor da pele e vai estar sempre fiel a quem esta mais próximo dela.Então os compositores que se aproximem,certo!

25 de maio de 2007 15:55  
Anonymous Anônimo said...

"Mãos de Afeto","Bons Amigos","Fingidor","Doce Presença","Desenredo","Meu Bem Querer","Não Me Conte"...

25 de maio de 2007 16:41  
Anonymous Anônimo said...

Taí uma notícia boa!Queria estar no show de gravação e como de costume no gargarejo p/poder saborear cada minuto da Voz da Nana.

25 de maio de 2007 16:54  
Anonymous Anônimo said...

É isso aí,Nana!Desde já muito aguardado esse trabalho.Grande oportunidade para novos movimentos,novas conecções e reconecções.Boa Sorte!

25 de maio de 2007 17:31  
Anonymous Anônimo said...

Até que me soa melhor essa idéia do 'ao vivo' do que a repetição 'ad infinitum' de Caymmi. Só espero que ela (re)lance algumas de suas próprias músicas que se encontra meio obscuras, mas por favor Nana não repita o "Ao vivo no Rival" pra que alguma coisa soe diferente.

A propósito: Onde foi para o projeto de Nana de Fazer um songbook de Milton Nascimento?

25 de maio de 2007 17:48  
Anonymous Anônimo said...

tymedeiros,

O último cd de zizi com mais de uma única música inédita foi 'estrebucha baby' (89).

25 de maio de 2007 18:02  
Anonymous Anônimo said...

Acho que a postura de Nana é no mínimo incoerente. Há alguns anos ela chamava Gal de preguiçosa, quando a baiana alegava a falta de novos compositores como justificativa para tantas regravações e tributos em sua carreira. Nesse sentido, sempre dei razão à ela. Para mim, cabe sim ao intérprete estar atento a novos compositores, a novas movimentações. E, pelo amor de Deus, sem esse papo de que falta compositor de qualidade. É tentar diminuir o talento de toda uma cultura em nome da preguiça e da falta de compromisso com a arte e com trabalho.

Anderson Falcão
Brasília - DF

Mudando totalmente de assunto: Mauro e companheiros desse blog,
Há notícia se foi gravado, ou se ainda será o songbook Ivan Lins? Me refiro àquele que o irmão do Almir Chediak, Jesus, salvo engano, concluiu. Os livros estão nas lojas, mas nunca tive notícias dos CDs. Como o Almir faz falta por aqui... Abraço.

25 de maio de 2007 18:35  
Anonymous Anônimo said...

Lurian,o Milton esta vivo e ele tambem tem que querer.Nana quer ser parceira e amada.Aliás ela é a mais pura invenção e inventora do amor,como bem disse a música "Cais" que ele e Ronaldo Bastos fizeram para ela.

25 de maio de 2007 19:05  
Anonymous Anônimo said...

As canções que você fez pra mim só tem músicas inéditas, Diamante verdadeiro idem, Imitação da vida idem, Brasileirinho idem, Que falta você me faz idem... É, Bethânia caiu (merecidamente) mesmo na graça da crítica e do público. A ponto de ninguém notar que é a cantora que mais se repete nesse país, é a única que se dá ao luxo de regravar a mesma música várias vezes e faz o mesmo show todos os anos.

25 de maio de 2007 21:15  
Anonymous Anônimo said...

Gal fez um album com 100% de musicas ineditas, e 80% de compositores desconhecidos e tem gente que não viu...me poupem..

26 de maio de 2007 02:07  
Anonymous Anônimo said...

Se ela vai revisitar a carreira podemos esperar pois virão coisas boas ...

Duvido que 'Resposta ao Tempo 'não estará (foi a música que fez minha irmã gostar de MPB!)no cd/dvd.Será que não vai 2 ou 3 inéditas ?

Aguardo o repertório e espero que Nana convide uns amigos para dividir o palco em algumas canções com ela !

Um abraço a todos
Diogo Santos

26 de maio de 2007 07:01  
Anonymous Anônimo said...

REPERTÓRIO:
Saveiros
Mãos de afeto
Dona Olympia
Cais
Por um segundo
Clube da Esquina 2
Mudança dos ventos
De volta ao começo
Brisa do mar
Por toda a minha vida
Velho piano
Voz e suor
Dora
Flor da Bahia
Chora brasileira
Resposta ao tempo
As praias desertas
Fogueiras
Saudade de amar

26 de maio de 2007 10:09  
Anonymous Anônimo said...

Como ensinava Goebbels, ministro da propaganda de Hitler, uma mentira repetida mil vezes acaba virando verdade.
Bethania tem feito projetos maravilhosos, isso é indiscutivel, mas ela é a rainha das regravações.
Mar de Sophia e Pirata tem 80% do repertorio de regravações, O disco do Vinicius é 100% de regravações. Brasileirinho: 100% de regravações também. maricotinha de estudio? 80% do repertorio é de musicas já gravadas. Isso sem contar com o disco ao vivo do ao vivo do ao vivo, onde ela canta o de sempre.
Gal fez um disco de repertorio 100% inedito, onde ela canta compositores 80% desconhecidos e é como se ela continuasse lançando discos de regravações. Nem bethania, nem nana, nem zizi lançaram discos com repertorio 100% inedito e muito menos com compositores desconhecidos. Mas parece que a mentira nesse caso virou verdade. Gal pode gravar 10 discos de ineditas que vão sempre cobrar dela.

26 de maio de 2007 12:04  
Anonymous Anônimo said...

Anônimo 9.15, faço minhas as palavras do Zé Simão: "M.Bethânia continua igual, cada vez melhor".
Percebe a diferença?

Quanto a Nana, sem comentários: Maravilhosa! Pode fazer o que quiser.
E se (re)gravar Tens, vou entornar uma garrafa inteira de Chandon (no gargalo).

26 de maio de 2007 12:22  
Anonymous Anônimo said...

e como diz uma amiga minha, bethania sabe é vender muito bem o seu peixe!

26 de maio de 2007 15:05  
Anonymous Anônimo said...

A Gal não precisa lançar só inéditas, mas música de qualidade, e com tesão de cantar, o q ela não tem feito há muito tempo. O q adianta lançar um disco de inéditas sem peso? com musiquinhas bobas?
Nana tem feito regravações, mas com tesão. Adorei a idéia do repertório acima. Faltou 'Tens'
Maria Bethânia , nem se fala. É indiscutivelmente senhora de seu repertório e pouco erra na escolha...Um moço ai queria que ela lançasse um disco de Vinícius inédito? Só se fosse psicografado...Ahauhauahua
Se lê cada coisa nesse blog.

26 de maio de 2007 16:29  
Anonymous Anônimo said...

Musiquinhas bobas? Luto de caetano é boba? embebedado de chico é boba? Pra que cantar é boba? Vai escutar o disco direito filho...

26 de maio de 2007 19:58  
Anonymous Anônimo said...

se for pra gravar zezé di camargo, jorge vercilo, ana carolina, jovelina pérola negra, vanessa da matta e afins é melhor que fique nas regravações !

26 de maio de 2007 23:33  
Anonymous Anônimo said...

Vocês estão esquecendo duas das músicas mais lindas do repertório de Nana: "Contrato de Separação", de Dominguinhos e Anastácia, e "Canção em Modo Menor", de Tom Jobim

27 de maio de 2007 13:29  
Anonymous Anônimo said...

Vai ter que fazer 2 DVDs para incluir 'Canção do Nosso Amor' e 'Pérola'.

27 de maio de 2007 13:53  
Blogger J said...

Adoro a Nana...adoro!

27 de maio de 2007 19:38  
Anonymous Anônimo said...

Não se trata de gravar inéditas, trata-se de não ficar com projetos repititivos, Tom e Caymmi já deram o que tinham que dar e um disco revisando a carreira depois de outros seguidos iguais deixam os fãs frustrados. A Bethânia regrava mas não se repete. A Gal fez o "Aquele frevo aché" e como ná época não foi bem recebido pela crítica (inclusive pelo Mauro)não chegou nem a fazer show do disco indo direto o projeto Tom Jobim, como "Hoje", que é maravilhoso, não teve também o resultado que ela queria nem insistiu no show, já está pensando em regravar Tom novamente...isso tudo porque quer ser vista como Diva, de preferência como as norte americanas...com voz única e linda ela tem que voltar a ser tropical, fatal e principalmente plural, baiana e cantando o Brasil e a Bahia, esse negócio de alô boy, alô Johnny só pode ser conversa de telefone...volta Gal...Nana é o máximo e tem que fazer nos presentear com novidades ainda que já tenham sido gravadas por outros interpretes...Por exemplo, a Gal gravou Nuvem Negra, do Djavan, no Sorriso.... e depois a Nana deu a gravação definitiva regravando no song book, ...não era inédita mas era dela...eu acho que é assim que uma grande interprete garimpa repertório... Inédita ou antiga é um detalhe a música tem apenas que casar com a cantora, sua voz e sua história...

28 de maio de 2007 09:37  
Anonymous Anônimo said...

A UNICA CANTORA QUE LANÇA ( SEMPRE LANÇOU ) MÚSICAS INÉDITAS É A ALCIONE.

28 de maio de 2007 10:06  
Anonymous Anônimo said...

PO, gravação definitiva de NUVEM NEGRA POR NANA??
essa só rindo: NANA SEMITONA E DESAFINA DO COMEÇO AO FIM DESSA GRAVAÇÃO.um horror...um horror...

28 de maio de 2007 10:47  
Anonymous Anônimo said...

Concordo com o 9:37.E ainda acho que o problema não é nem regravar Caymmi ou Tom.Nana também deixou de gravar músicas importantes e belas destes autores ainda inéditas em sua voz,principalmente Jobim.Regravou coisas deles que já havia gravado demais.Não sei o que acontece com ela,mas o fato é que quando grava qualquer coisa geralmente é insuperável e parece que se preoculpa demais em estar abocanhando o repertótorio de outras.A exemplo de "Nuvem Negra",outra gravação no songbook do Carlos Lyra,"Canção que morre no ar" é tão impressionante que supera não so Gal,mas toda turma da bossa nova e até os mestres que a influenciaram.Confiram,é de arrepiar!

28 de maio de 2007 11:32  
Anonymous Anônimo said...

Engraçado essa estória que tentam a séculos afirmar,sem nenhum respaldo de que Nana desafina tanto assim...Será que ela "paga" muito caro para os músicos do alto gabarito aos quais a acompanha ou acompanhou(Helio Delmiro,João Donato,Dori Caymmi,Tom Jobim,César C.Mariano,Cristóvão Bastos,Toninho Horta etcs.),resolverem trabalhar com ela?Não acredito!E os jornalistas,críticos unânimes em relação a sua competência e magnitude,são todos surdos?Duvido!Se voce entende que ela desafina em "Nuvem Negra",anônimo 10:47,continue achando,é direito perder seu tempo não querendo apreciar a constatação,de que a cada audição dessa gravação é revelado o poder interpretativo de de Nana ser infinitamente superior.A música torna-se a poderosa e ilimitada grande arte quando Nana esta cantando.Aprecie!

28 de maio de 2007 14:59  
Anonymous Anônimo said...

Sei lá se ela desafina ou semitona em Nuvem Negra, mas a gravação da Gal só tem a beleza da voz dela (que é única) por que passar o que a letra diz só a Nana mesmo...A Alcione acabou nos anos 80...pq A loba e Você me vira a cabeça não podem, de maneira nenhuma, fazer parte desta discussão... A Gal, a Bethânia e a Nana passarem a gravar esses tipos de música é melhor regravar Tom e Caymmi nas versões: à capela, em ritmo de ópera, maculelê, inglês, espanhol, japonês, iorubá etc...

28 de maio de 2007 15:03  
Blogger Unknown said...

Perfeito! Que ela volte a ser o que é!!!

28 de maio de 2007 15:35  
Anonymous Anônimo said...

Não acho a versão de 'Nuvem negra' de Nana superior à de Gal, mas a de "Canção que morre no ar" é indiscutivelmente melhor. Nana arrasou nessa.

28 de maio de 2007 17:02  
Anonymous Anônimo said...

Vocês dão muita moral pra esta mulher; quando ela ser pelo menos afinada e tirar a maçã da garganta, aí sim dá pra falar dela.

29 de maio de 2007 10:31  
Anonymous Anônimo said...

Veja bem 10:38,não dar moral a quem não é convincente para voce é seu direito.Mas estamos falando de cantoras populares,não eruditas,OK?Não estou nem aí se a Nana desafina,se sua voz não tem "pedigree" com certificado de peritos credenciados ou seja se sua voz esta fora do padrão clássico não sendo,e sendo,mezzo ou contralto ou seja lá o que for.Só sei que a voz "vira -lata" dela convence não so meus ouvidos,mas minha alma de forma absoluta.Em tempo:já ouviu "Canção que morre no ar"?

29 de maio de 2007 11:12  
Anonymous Anônimo said...

Eu como um pouquinho pra ter sentimento
Eu ponho o biquini e ele zombaaa de miiiiiim
Ele manga do quanto eeeengordeeeeei
Porque sabe comer e eu não sei
No fundo é uma eterna gorducha
Que não soube emagrecer
Eu como, e ele não vai poder, emagrecer

29 de maio de 2007 11:17  
Anonymous Anônimo said...

Dricão isso é um dueto da Nana com o Mauro?hahahha!

29 de maio de 2007 14:37  
Anonymous Anônimo said...

Isso é a letra do espetáculo "subversões" para resposta ao tempo...

29 de maio de 2007 14:44  
Anonymous Anônimo said...

alguém q faz isso que o (a) Dricão feza com a letra de Resposta ao tempo deve ter um QI e uma sensibilidade invejáveis...cansei...as cantoras estão ricas e saudáveis em suas casas, não lerão os comentários deste ou de outro blog e nem gravarão um disco que os fãs ouçam com prazer, continuarão atendendo apenas aos seus egos de Diva...e as bibas ou coisas indefinidas continuarão aqui duelando...

29 de maio de 2007 15:23  
Anonymous Anônimo said...

...E Nana continua dando o que falar...

"Sabe de mim, mas parece que béeebe"

Ahuahuahuahua

29 de maio de 2007 16:24  
Anonymous Anônimo said...

Que isso 3:23PM?Cansa não!Que duelo que é esse?Relaxa...Eu estou aqui morrendo de rir do seu comentário:"as cantoras estão ricas e saudáveis"...E eu aqui comigo querendo concordar contigo que ricas não sei se estão,mas andam economizando muito no repertório e não sei até que ponto isso rende algum dividendo,agora saudáveis realmente estão em excesso.Hahaha,3:23PM,genial!

29 de maio de 2007 16:26  
Anonymous Anônimo said...

CREDO, PÉ DE PATO MANGALO 3 VEZES, PORQUE NANA DESAFINA E SEMITONA QUE É UMM HORRORR TANTO EM NUVEM NEGRA QUANTO EM CANÇÃO QUE MORRE NO AR.
PO, A MULHER DESAFINA EM ESTUDIO!!
SE NÃO FOSSE O TAL SENTIMENTO, A TAL CARGA DRAAMAATICA QUE AFINAL É UM QUESITO PRÉ-MODERNO E QUE SÓ NO BRASIL MESMO AINDA É LEVADO A SERIO, NANA SERIA GONGADA EM QUALQUER PROGRAMA DE CALOUROS.

29 de maio de 2007 20:34  
Anonymous Anônimo said...

11:12, respeito que você goste dela, porém não se pode tapar o sol com a peneira; ela é uma das piores cantoras da MPB e com certeza a menos popular de todas.
Se nem o repertório do papai ela consegue cantar direito, imagina então canto lirico - ela no mínimo cairia pra tras enfartada, com as pernas para o alto e com as veias todas entupidas.

30 de maio de 2007 08:11  
Anonymous Anônimo said...

Nana acabou com Nuvem Negra, parece que ela está morrendo. Quem compara o Bugalú da Nana com Gal só pode ter problemas auditivos. Já que citaram as canções A Loba e Você me vira a cabeça, da Alcione, é bom frisar que além de não ter competência e voz para cantar essas músicas, ela não tem também algo muito importante, carisma; nunca Nana conseguirá ter suas músicas na boca do povo. Ô mulher antipática.

30 de maio de 2007 08:17  
Anonymous Anônimo said...

Olá, Coisinha supersticiosa das 8:34. De que país vc é para dizer com tanta certeza que lá as cantoras não são valorizadas pela sua interpretação dramática? Você é patética...Deve ser fã do Calypso...Continue assistindo aos programas de calouros porque as emissoras de TV os produzem para pessoas com um gosto musical semelhante ao seu...Ah!!! Procure um neurologista, pois percebi que está trêmula e tem digitado a mesma letra mais de uma vez!!!

30 de maio de 2007 08:42  
Anonymous Anônimo said...

Nana tornou Nuvem Negra uma grande canção.Djavan dever estar eternamente grato a ela.Gal faz como sempre a bobagem de cantar sorrindo alegremente uma canção que pede a todo momento o contrário ou pelo menos o que Nana faz sempre de forma a primorosa:transformar tristeza em profunda beleza.Nana não estará nunca na boca do povo,mas com certeza no corações.Até mesmo nos girafróides surdos que só escutam na base das estridências,balancês e melosidades afinadas dos rinchos.Como o ódio esta mesmo um a passo do amor.

30 de maio de 2007 09:59  
Anonymous Anônimo said...

"se voce disser que eu desafino amor"...

30 de maio de 2007 10:03  
Anonymous Anônimo said...

Acho que Gal é que teria dificuldades em ser cantora lírica,já que ópera sempre é um grande drama,uma tragédia,não basta "cantar direito".Tem que interpretar e muito bem,coisa que Gal não faz mesmo.Já disse que não sabe e tem dificuldades.

30 de maio de 2007 10:26  
Anonymous Anônimo said...

ao anonimo das 8:34
o único sentimento que ela demonstra quando canta é falta de ar, e o único que nos transmite é sono.

30 de maio de 2007 11:15  
Anonymous Anônimo said...

11:15 PM,Voce não gosta de dormir não?É ansioso,agitadinho?"NANA neném que a cuca vem pegar"..."boi,boi,boi,boi da cara preta,pega esse anônimo que tem mêda de careta".Tadinho,gosta de cantoras de muito gas.Cuidado que depois de explodirem viram pó.

30 de maio de 2007 14:38  
Anonymous Anônimo said...

Ahahahahaha
Perfeito anônimo 11:15
Em se tratando de pra quem penso que foram os comentários, adorei. Há pessoas q supostamente pensam que entendem de música. Música objetiva perde a emoção. Se Nana desafina como afirmaram , eu prefiro que continue assim do que vá buscar um canto 'perfeito' e sem graça.

30 de maio de 2007 16:00  
Anonymous Anônimo said...

Ainda estão falando da Nana?Falem mesmo....Ela é demais,isso pq ela não está toda hora nos programas de tv, não vende milhões de discos, tem fama de ser antipática e outros quesitos más...Mas é Nana! E pra ajudar, ainda é Caymmi.E pra ajudar ainda mais, tem aquela voz que não é melhor nem pior que as vozes de outras cantoras aqui citadas.É simplesmente a Voz de mais uma grande cantora brasileira que sabe interpretar como poucas.

31 de maio de 2007 00:46  
Anonymous Anônimo said...

Se quieres ser feliz como me dices, no analices, no analices...

31 de maio de 2007 13:16  

Postar um comentário

<< Home